Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Economia

PANDEMIA

Banco dos Brics libera R$ 5,4 bi ao Brasil para combate à Covid-19

Publicado em: 09/02/2021 14:08

 (Foto: Reprodução )
Foto: Reprodução
O Novo Banco de Desenvolvimento (NDB), fundado pelos países do grupo Brics — composto por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul —, informou, nesta terça-feira (9), o desembolso de US$ 1 bilhão (cerca de R$ 5,4 bilhões) em apoio às ações do governo brasileiro no combate à Covid-19 e seus impactos socioeconômicos no país.

O financiamento foi aprovado em julho de 2020 e será destinado ao Ministério da Cidadania, de acordo com a assessoria do NDB. A pasta é comandada por Onyx Lorenzoni, que está de malas prontas para assumir a Secretaria-Geral da Presidência.

O montante integra os US$ 4 bilhões de empréstimos emergenciais realizados pelo país, no ano passado, junto a outros cinco bancos multilaterais e agências internacionais de desenvolvimento (BID, Banco Mundial, CAF, ADF e KFW). Os recursos devem ser destinados a programas sociais, de integração com políticas públicas de saúde, educação e emprego, com o objetivo de mitigar os efeitos do novo coronavírus.

Esse empréstimo do NDB "faz parte de um programa de US$ 10 bilhões da instituição voltado à luta contra a pandemia, dos quais US$ 2 bilhões são destinados ao Brasil". Desse montante, US$ 1 bilhão, liberado nesta terça-feira, será destinado para a área social. O US$ 1 bilhão restante, já aprovado, está em trâmite para o desembolso.

Retomada
A carteira de projetos aprovada pelo NDB, fundado em 2014 e atualmente presidido por um brasileiro, o economista e diplomata Marcos Troyjo, ex-secretário especial de Comércio Exterior do Ministério da Economia, para o Brasil soma US$ 5 bilhões (cerca de R$ 27 bilhões).

Os recursos buscam promover a retomada da economia, com investimentos nas áreas de rodovias, ferrovias, transporte urbano, energia renovável, educação, água e saneamento, dentre outros setores de infraestrutura.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
PIB brasileiro tem queda expressiva de 4,1%
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 03/03
Secretários estaduais de Saúde pedem mais rigor nas medidas de restrição contra Covid-19
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 02/03
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco