Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Economia

NEGÓCIOS

Verão estimula novos investimentos em Pernambuco

Publicado em: 06/01/2021 16:30 | Atualizado em: 06/01/2021 17:19

Filipe Melo e Gustavo Interaminense investiram em loja no Ceasa. (Foto: Túlio Martins/Divulgação)
Filipe Melo e Gustavo Interaminense investiram em loja no Ceasa. (Foto: Túlio Martins/Divulgação)

O verão chegou e trouxe um fôlego ao mercado, que aproveita a estação favorita dos brasileiros para apresentar novidades, inclusive pegando carona na onda de consumo por produtos mais saudáveis. Foi considerando essa realidade que os investidores Filipe Melo e Gustavo Interaminense, por exemplo, abriram, em dezembro, o Atacado Prime, no Centro de Abastecimento e Logística de Pernambuco (Ceasa-PE), com foco em açaí, grãos, polpas de frutas e temperos com toque natural e/ou orgânico.

O aporte financeiro foi de R$ 1,5 milhão na primeira loja de fábrica. Mais de 50 empregos diretos e indiretos foram gerados. "O nosso objetivo é movimentar a distribuição de 10 toneladas de produtos, por semana. Essa primeira operação visa o fornecimento tanto do atacado quanto do varejo, principalmente pelo selo Amazon Prime, de açaí em versões de 900 ml, 5 e 10 litros”, afirmou Filipe.

De acordo com uma pesquisa realizada pela Euromonitor, em 2019, o Brasil é o quarto colocado em consumo de alimentos saudáveis no ranking global e movimenta 35 bilhões de dólares por ano. Segundo a agência internacional de pesquisa de mercado, nos últimos cinco anos, o crescimento do setor de alimentos e bebidas saudáveis foi, em média, de 12,3% ao ano, antes da pandemia.

Antônio Callou mudou portfólio de empresa durante a pandemia. (Foto: Arquivo Pessoal)
Antônio Callou mudou portfólio de empresa durante a pandemia. (Foto: Arquivo Pessoal)

Outro exemplo de investimento impulsionado no verão vem do Centro do Recife. A Distribuidora Padrão, que tem 35 anos no mercado de saúde, com foco em produtos voltados ao segmento hospitalar, abriu espaço para corner exclusivo de itens voltados aqueles que estão desenvolvendo atividades físicas em casa ou dando prioridade aos lugares abertos.

"Sempre tivemos algumas opções, mas a pandemia mostrou que precisávamos ter um portfólio completo para dar conta da expressiva demanda de pessoas que deram um tempo das academias e, consequentemente, das aglomerações, investindo com tudo em treinamentos funcionais no condomínio ou até casas de campo e de praia. Inclusive, como forma de manter boa imunidade diante da Covid-19”, disse o empresário Antônio Callou.

O representante comercial Rodrigo Rabello, da Acte Sports, que é uma das marcas parceiras da Distribuidora Padrão, pontua um acréscimo de 17% nas vendas de produtos como bolsas de pilates, bosus, extensores, cordas de pular, caneleiras com peso, halteres, jumpings, rolos de liberação miofascial e tapetes de pilates. “São mais de 60 itens que atendem diversas necessidades dos interessados em geral e dos profissionais da área, como educadores físicos e personais trainers, que podem prestar suas consultorias em qualquer lugar com esses artigos. Tudo desenvolvido com alta tecnologia e resistência para pessoas de todas as idades e, respectivamente, treinos com intensidades diferentes”, pontuou.

Cachaça pernambucana lançou linha para cada dia do ano. (Foto: Divulgação)
Cachaça pernambucana lançou linha para cada dia do ano. (Foto: Divulgação)

Já a cachaça pernambucana Sanhaçu aproveitou o início de 2021 para lançar uma linha de bebidas para cada dia do ano. A edição limitada, lançada no dia 1º de janeiro, apresenta um lote de garrafas numeradas, datadas para cada dia do novo ano. O projeto é de iniciativa da cachaçaria Sanhaçu, de Chã Grande, interior do estado, com a loja especializada Eu Amo Cachaça, do Distrito Federal, em Brasília.

O processo de armazenamento da Sanhaçu 365 aconteceu durante dois anos em tonéis de freijó e finalizada por mais seis meses em tonel único de primeiro uso de bálsamo. As duas madeiras do envelhecimento são brasileiras e a cachaça foi produzida no alambique do Engenho Orgânico da Sanhaçu, propriedade da família Barreto.

De acordo com Oto Barreto, que gerencia a Sanhaçu com os irmãos Elk e Max, a experiência de entregar uma embalagem personalizada é especial não só para quem faz a produção, mas para quem vai receber o engarrafamento diferenciado.

“Os apreciadores de uma boa cachaça poderão escolher a garrafa que tem a data do seu aniversário, casamento, ou outra data marcante, seja para o comprador ou quem deseja presentear, por exemplo”, conta Oto. Ele reforça ainda que há apenas uma unidade por data.

“As garrafas limitadas Sanhaçu 365 serão comercializadas exclusivamente pela internet, em nossas redes sociais ou por telefone. Em janeiro começaremos a pré-venda, já as entregas devem acontecer já no mês de fevereiro”, finaliza ao adiantar que em 2022 é previsto uma nova edição exclusiva.

A Sanhaçu começou a ser comercializada em 1993, no segmento, se destaca por ser a primeira cachaça orgânica certificada de Pernambuco. Há cinco, tornou- se o primeiro engenho do Brasil movido a Energia Solar. Atualmente é encontrada em todos os estados do Brasil e no exterior. E agora, assina o projeto exclusivo com a comunidade ‘Eu Amo Cachaça’, renomada loja do ramo, que tem abrangência em Brasília.

Segundo dados do Instituto Brasileiro da Cachaça (IBRAC), os estados de Pernambuco, Ceará, Bahia, São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais se destacam na produção da cachaça. Ainda de acordo com o setor nacional, estima-se que o Brasil possui capacidade instalada de produção de Cachaça de aproximadamente 1,2 bilhão de litros anuais, porém se produz anualmente menos de 800 milhões de litros.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
De 1 a 5: como as mudanças no WhatsApp afetam sua privacidade
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 25/01
Enem 2020: professores do Colégio Núcleo comentam ao vivo as provas deste domingo
Verão inspira cuidados com a saúde e alimentação
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco