Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Economia

TENDÊNCIA

Venda de itens de jardinagem cresce durante a pandemia

Publicado em: 12/01/2021 15:49 | Atualizado em: 12/01/2021 15:17

 (Foto: A Lojinha Estúdio/Divulgação)
Foto: A Lojinha Estúdio/Divulgação
Um jardim para chamar de seu. De hobby à terapia, cresceu, durante a pandemia da Covid-19, o interesse por jardinagem no lar. O contato com a natureza tem um grande potencial de relaxamento. Nesse período, o setor de jardinagem do home center Ferreira Costa, por exemplo, registrou um crescimento equivalente a 15% nas vendas.

A pandemia provocou mudanças na vida de todos desde o início. Juntamente com o isolamento social, que é uma das principais formas de prevenção ao novo coronavírus, muitas pessoas começaram a ficar mais tempo em casa e, pouco a pouco, a investir mais atenção no ambiente onde moram. O cultivo de plantas e flores começou a ser uma das apostas para quem procurava transformar a casa em um lar mais acolhedor.

Para quem quer construir o seu próprio jardim, mais do que o desejo de ter plantas, é importante voltar a atenção para as particularidades pessoais e delas. Fatores diversos devem ser considerados na hora de escolher o que se quer cultivar. É possível cultivar desde uma pequena horta com temperos e chás, com fins culinários, cultivada junto à janela, sempre protegida de fortes ventos; a um cantinho verde em sua varanda, com espécies de diferentes hábitos, dispostos em vasos sobre uma mesa, jardineiras em prateleiras ou penduradas.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Incêndio em fábrica de vacinas deixa cinco mortos na Índia
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 21/01
Variante britânica do coronavírus continua a se espalhar pelo mundo
Enem para todos com o professor Fernandinho Beltrão - Genética do sangue
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco