Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Economia

EDUCAÇÃO FINANCEIRA

Dez passos para sair das dívidas e ter um 2021 mais equilibrado

Publicado em: 04/01/2021 13:00 | Atualizado em: 04/01/2021 13:07

Para ter o controle, lembre-se de anotar todos os gastos. (Foto: Pixabay/Reprodução)
Para ter o controle, lembre-se de anotar todos os gastos. (Foto: Pixabay/Reprodução)
Um 2021 sem novas dívidas. A meta para o ano que se inicia faz parte da lista de resoluções de muitos brasileiros, especialmente após 2020 ter apresentado um percentual de endividamento do consumidor com recorde na série histórica desde 2010 e índice chegando a 67,5% na média geral, de acordo com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Fazer uma lista de dívidas atrasadas, negociar as pendências, utilizar o 13º salário e escolher o crédito certo estão entre as dicas de especialistas para vencer as dívidas do ano que se encerra e ter um 2021 mais tranquilo em relação à vida financeira.

O primeiro passo para a organização do bolso é conhecer as dívidas e entender as finanças pessoais, isto é, saber quanto entra na conta mensalmente; listar as contas que precisa pagar e observar as que estão atrasadas e, portanto, contando juros. “Temos, no Brasil, um deficiência grande em educação financeira. As dívidas são crescentes no fim do ano porque muitos não conseguem consumir de maneira equilibrada. Assim, o ideal é começar fazendo um levantamento de todos os custos, anotando em um papel, planilha ou aplicativo para visualizar as despesas e a renda da família. É importante observar se os gastos estão adequados às receitas”, afirma o economista da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Pernambuco, Rafael Ramos.

Depois de observar as anotações feitas, é hora de quitar as dívidas existentes. É importante negociar descontos para pagamento à vista ou consultar as possibilidades de parcelamento. “Em caso de negociação das dívidas, as parcelas precisam caber no orçamento da família. Isso é fundamental, pois a pessoa pode acabar atrasando tudo novamente. Uma nova inadimplência pode dificultar outra negociação do débito”, explica o economista. Após quitar as dívidas, é preciso se preparar para os primeiros meses do ano, com boletos como IPTU, IPVA, DPVAT, matrículas e material escolar.

“Planejamento e organização, além de alguns ajustes no orçamento podem fazer a diferença nas finanças. Não é uma receita de bolo igual para todos. As experiências, vivências e objetivos são diferentes, por isso, cada um precisa se organizar a partir da sua história de vida”, ressaltou a gerente de Investimentos da Sicredi Recife, Sandra Bradley.
 
10 passos para sair das dívidas
 
1 – Anote tudo
Para ter o controle, lembre-se de anotar todos os gastos

2 – Crie metas
Você pode separar as dívidas prioritárias e criar estratégias, como o pagamento das contas mais caras no primeiro semestre

3 – Organize o orçamento
Você pode usar um aplicativo de telefone, uma planilha do computador ou até um caderno

4 – Fale com a família
É muito importante envolver toda a família na organização do orçamento e no processo de acabar com as dívidas

5 – Corte gastos desnecessários
Por um período, será necessário apertar o cinto e cortar alguns gastos.

6 – Busque renda extra
Às vezes, só cortar não basta, ou mesmo com todos os cortes possíveis ainda falta dinheiro para se livrar das dívidas

7 – Negocie com os credores
Com o orçamento em ordem e as economias de corte de gastos ou renda extra, procure os seus credores. Com dinheiro na mão, é mais fácil negociar e conseguir desconto

8 – Priorize as dívidas com maior juros
Se você tem mais de uma dívida, o importante é dar prioridade para as dívidas que têm os maiores juros

9 – Pesquise antes de comprar
Pesquisar é a garantia de que você vai encontrar o melhor preço e, claro, economizar

10 – Faça uma autoavaliação
Pare e pense no que aconteceu para você ficar nessa situação. Isso é importante para você evitar a inadimplência no futuro 

Fonte: Serasa
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 21/01
Variante britânica do coronavírus continua a se espalhar pelo mundo
Enem para todos com o professor Fernandinho Beltrão - Genética do sangue
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 20/01
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco