Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Economia

Aportes

Atração de R$ 3,3 bilhões em investimentos para Pernambuco em 2020

Publicado em: 29/12/2020 16:11 | Atualizado em: 29/12/2020 17:37

Com aportes, foram geradas 7,3 mil vagas de empregos no estado neste ano. (Foto: Pixabay/Reprodução)
Com aportes, foram geradas 7,3 mil vagas de empregos no estado neste ano. (Foto: Pixabay/Reprodução)

Apesar de distante do resultado de 2019, quando houve a atração de R$ 15 bilhões em investimentos em Pernambuco, o estado fechou 2020 com saldo positivo. Mesmo em um cenário com os impactos da pandemia do coronavírus na economia, os aportes privados chegaram a R$ 3,3 bilhões, que devem gerar mais de 7,3 mil empregos nas futuras instalações. No total, 148 empreendimentos anunciaram investimentos no estado, sendo 134 projetos aprovados nas reuniões do Conselho Estadual de Políticas Industrial, Comercial e de Serviços (Condic). Destes últimos, com investimentos que chegam a R$ 489 milhões e prospecção de 1.915 empregos, 50 foram aprovados na 113ª e última reunião do Condic, realizada nesta terça-feira, com mais de R$ 80 milhões em aportes e geração de 766 postos de trabalho.  

Dos 50 projetos aprovados nesta terça, R$ 44 milhões são para investimentos na Região Metropolitana do Recife (RMR), além de 447 empregos, enquanto R$ 36 milhões são para o interior e 319 vagas. Destaque para a empresa A C M Alimentos Eireli, com sede no Cabo de Santo Agostinho, que investirá R$ 21 milhões na implantação, gerando 180 oportunidades de emprego. Já a Asa Indústria e Comércio LTDA, sediada em Belo Jardim, vai ampliar a linha de produtos, com aporte de R$ 13 milhões e 37 vagas.
 
Dos 134 projetos aprovados ao longo do ano, 61 foram de indústria - com destaque para o interior, com 35 projetos -, 27 de central de distribuição e 46 de importação. Para a Região Metropolitana do Recife, são 91 projetos, com aportes de R$ 400 milhões e 1.208 empregos. Já para o interior são 43 projetos, R$ 89 milhões em investimentos e 707 postos de trabalho. 

"Conseguimos fechar o ano de sucesso dentro do que aconteceu, mantendo a atração de investimentos e a economia aquecida. Tivemos capilaridade no interior. Dentro dos percalços que tivemos, continuar atraindo investimentos mostra que estamos no caminho certo", ressaltou Bruno Schwambach, secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco. Para 2021, a política de atração de investimentos será mantida, mas a expectativa é que o segundo semestre seja mais positivo. "Ainda ficaram alguns projetos para 2021, é uma carteira boa que estamos trabalhando, e outros que estamos maturando. Assim que o cenário melhorar, vamos ter bons anúncios. O primeiro semestre ainda vai ser de muito desafio para manter a atividade econômica, não ter repique do coronavírus e esperar a vacina. Então o segundo semestre estará mais favorável", concluiu. 

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 25/01
Enem 2020: professores do Colégio Núcleo comentam ao vivo as provas deste domingo
Verão inspira cuidados com a saúde e alimentação
Resumo da semana: enfim, a vacina, posse de Biden e cerco contra os fura-filas
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco