Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Economia

VENDAS

Com pandemia, Black Friday 2020 deve bater recordes no online

Publicado em: 09/11/2020 10:00 | Atualizado em: 06/11/2020 20:25

Lojas do estado vão oferecer descontos de até 80%. (Foto: Arquivo/Agência Brasil
)
Lojas do estado vão oferecer descontos de até 80%. (Foto: Arquivo/Agência Brasil )
Uma Black Friday mais digital e com mais compras planejadas. Essa é a expectativa de lojistas e especialistas em varejo para o evento deste ano. A pandemia, que já vem alterando as relações de consumo desde março, também deve ter impactos significativos na maneira como os consumidores vão agir durante a edição de 2020 da queima de estoque para o fim de ano.

Em Pernambuco, shoppings, lojas de rua e plataformas digitais devem oferecer grandes descontos para atrair os clientes. Isso vale especialmente para as lojas físicas, que passaram meses fechadas por causa da crise sanitária. As projeções de aumento das vendas para o evento deste ano estão na maioria entre 10% e 15%, na comparação com 2019. O crescimento deve ser impulsionado principalmente pelos meios digitais.

Para o mestre e doutor em administração Eduardo Cardoso, professor da Estácio Recife, a Black Friday 2020 deve consolidar um movimento que já existia no país, de crescimento do comércio digital. "A pandemia acelerou um processo que aconteceria cedo ou tarde. O e-commerce é um caminho sem volta e isso deve ser reforçado na Black Friday", pontua. Segundo a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (Abcomm), entre janeiro e agosto deste ano, as vendas online cresceram 57%. Apesar de o tíquete médio ter reduzido de R$ 420,78 para R$ 398,03, o número de transações efetuadas cresceu 65,7%, indo de 63,4 bilhões para 105,6 bilhões no primeiro semestre de 2020.

A tendência de maior digitalização é percebida nas estratégias dos shoppings de Pernambuco. A maioria criou oportunidades em ferramentas online, descentralizando a possibilidade de compras. O presidente da Associação Pernambucana de Shopping Centers (Apesce), Paulo Carneiro, espera resultados positivos para a Black Friday deste ano, em razão das ofertas que estão sendo preparadas pelos lojistas. Os centros de compras do estado vão oferecer até 80% de desconto em produtos e serviços. Segundo Carneiro, as promoções devem gerar um crescimento nas vendas de 8% em relação à edição do ano passado.

Nos shoppings pernambucanos, estima-se que os clientes vão poder encontrar promoções e boas oportunidades na primeira ação de impacto do varejo depois que os centros passaram a atuar em horário quase igual ao que havia antes da pandemia. "Os shoppings estão preparados, mantendo a atenção aos protocolos de segurança sanitária e de fluxo de pessoas", afirma.

Na visão do professor do PieR de Negócios especialista em varejo de consumo e shoppings, Rodrigo Braga, a Black Friday de 2020 tende a ser a melhor edição de todos os anos. "Nos shoppings, por exemplo, as vendas estão quase empatando com 2019, mesmo com menor fluxo de pessoas lá. Para este ano, a expectativa é que seja mais digital e mais cedo (não só no dia 27). Os segmentos com maior procura devem ser artigos para casa, eletrônicos e bem-estar, como salões de beleza e centros de estética. Os shoppings que já têm plataforma digital estão apostando nisso e os que não têm vão usar muito as mídias sociais. Em 2020, ninguém deve promover ações que gerem aglomerações, ou seja, não devemos ver aquelas promoções para zerar o estoque em um dia", diz.

Black Friday nos shoppings de Pernambuco:

RioMar Recife

A plataforma de vendas RioMar Online iniciou a Black Friday em 1º de novembro, com lotes de ofertas, a cada semana, em segmentos como perfumaria e cosméticos, decoração, utilidades para o lar, moda masculina, feminina e infantil, eletroeletrônicos,  tecnologia e gastronomia. O sistema virtual do shopping entrou em operação no segundo semestre de 2019 e, até setembro deste ano, apresentou um crescimento de 35% na adesão de novos usuários. "Com toda tecnologia de vendas na internet feita pelo shopping, o RioMar Online proporciona ao cliente a chance de fazer várias compras num só lugar e a entrega em até 48 horas, conforme a área ou região de entrega. Até novembro, a expectativa é que mais de 2 mil produtos estejam à disposição dos consumidores", diz o superintendente do RioMar, Henrique Medeiros.

Plaza Shopping

De 23 a 29 de novembro, o Plaza Shopping promove a Black Plaza, com descontos de até 70%. A ação acontece tanto nas lojas físicas quanto no Plaza Online, plataforma digital do shopping, que estará com frete grátis para qualquer valor em compras. "Ampliamos os dias da ação promocional, visando incrementar o fluxo de clientes e de vendas no mall. Nosso público terá mais tempo para fazer compras com preços especiais e ainda pode aproveitar a comodidade do nosso Plaza Online", afirma a superintendente do Plaza, Zuleica Lira. A expectativa é que as vendas tenham um incremento de 3% em relação ao período promocional de 2019.

Tacaruna

No Shopping Tacaruna, as promoções especiais da Black Friday acontecem no período de 23 a 29 de novembro. A expectativa do mall é 4% no incremento de vendas e 90% do fluxo obtido no ano passado. O público também poderá aproveitar as promoções das lojas no Tacaruna Online. A entrega é gratuita e pode ser feita em um raio de 15 quilômetros do mall.

Shopping Boa Vista

Para a Black Friday, o Boa Vista espera um crescimento de 3%. "Sabemos que os clientes irão realizar muita pesquisa nos canais digitais do Shopping e dos nossos lojistas e irão chegar no shopping com o processo de compra mais avançado, já sabendo qual produto que quer, cor, tamanho, especificação e preço também. Esse é um movimento que estamos enxergando na rotina do shopping e que com certeza será replicado no Black Friday. Gerando uma redução no tempo de permanência do cliente dentro do Shopping, mas aumentando o seu ticket médio e fazendo com que a sua experiência de compra passe por diversos canais, não só mais o físico", informou o mall, em nota.

Shopping Recife

Em nota, o Shopping Recife ressaltou que "a cada ano, a Black Friday consolida a força no varejo, representando um dos picos de venda no fim do ano. A exemplo do que fez nos anos anteriores, nesta sétima edição do evento, o Shopping Recife prepara uma campanha com ótimas oportunidades de compras e descontos agressivos, incrementando o fluxo de clientes e vendas no mall".

Shopping Guararapes

Para promover as ofertas das lojas do mall e proporcionar mais praticidade para o cliente, o Guararapes iniciará com o “Esquenta Black Friday” na sua plataforma de e-commerce, o Guararapes Online, no período de 20 a 26 de novembro. No fim de semana de 27 a 29 de novembro, em todo o shopping, além da plataforma digital, o público vai contar com o Mega Black Friday. “Nossa expectativa para a Black Friday deste ano é de um aumento de 5% nas vendas em relação ao ano passado. Estamos otimistas pelo retorno de 100% das operações do mall e acreditando no impulsionamento de transações com a nossa plataforma digital”, comenta o superintendente do Shopping Guararapes, Newton Souza.

Patteo Olinda

No dia 27 de novembro, serão ofertados descontos de até 80% em roupas, calçados, acessórios, brinquedos, eletrônicos, perfumaria, entre outros produtos nas lojas participantes. Influenciadores digitais foram convidados pelo centro de compras e estarão no shopping, no dia da Black Friday, garimpando as ofertas e postando os “achadinhos” nas redes sociais. Segundo o superintendente do mall, Leandro Denardi, a expectativa do Patteo Olinda para a Black Friday deste ano é positiva. “Esperamos manter o mesmo volume de vendas alcançado no ano passado, confiantes de que os clientes estão se sentindo seguros e protegidos por nosso protocolo de higiene e distanciamento”, afirma.

Paulista North Way

O Paulista North Way inicia as operações da Blackweek a partir do dia 23. Até o dia 29, os descontos chegam até 70%. De acordo com o superintendente do mall, Marco Motta, "a expectativa de crescimento comparado ao ano passado é de 15%. Elas são positivas. O varejo está bastante otimista com a manutenção do auxílio até dezembro e isso tem deixado o setor aquecido". As vendas no North Way, desde a reabertura, somam um saldo positivo, segundo ele. "Crescemos bastante desde a reabertura e a blackweek é uma aposta para alavancar, ainda mais, o que já vem crescendo", pontua.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Rhaldney Santos entrevista Giovanni Prado, diretor executivo da Sicredi Pernambucred
Vacina russa afirma ter 95% de eficiência
ONU condena racismo estrutural no Brasil
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 24/11
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco