Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Economia

ECONOMIA

"Não dá pra ficar muito tempo mais com esse auxílio", diz Bolsonaro

Publicado em: 19/10/2020 18:55

 (Antônio Cruz/ Agência Brasil)
Antônio Cruz/ Agência Brasil

 
O presidente Jair Bolsonaro afirmou na manhã desta segunda-feira (19/10) que o governo não poderá estender o auxílio emergencial. A declaração foi feita a apoiadores na saída do Palácio da Alvorada.
“Eu sei que os R$ 600 é pouco para quem recebe, mas é muito pro Brasil, são R$ 50 bilhões por mês, e tem que ter responsabilidade para usar a caneta Bic. Não dá para ficar muito tempo mais com esse auxílio porque realmente esse endividamento é monstruoso. Mas o Brasil está saindo da crise. Pelo que os números estão mostrando o Brasil está saindo da crise”, justificou.

Há mais de um mês Bolsonaro, o Congresso e a equipe econômica tentam encontrar uma fonte de recursos para poder tirar do papel o novo programa social do governo. O Renda Cidadã daria continuidade à ajuda após o término do auxílio, previsto para dezembro. Também há uma expectativa de que o Renda Cidadã seja uma evolução do Bolsa Família. Mas as restrições orçamentárias dificultam o lançamento do programa social.

No último dia 17, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, afirmou que a prorrogação do auxílio emergencial para além de 2020, se ocorrer, fará o governo federal "pagar a conta com sua popularidade".
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
OMS alerta para situação do Brasil e México na pandemia
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 30/11
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 01/12
De 1 a 5: Novembro Azul chega ao fim, mas prevenção do câncer de próstata precisa ser permanente
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco