Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Economia

Flexibilização

Eventos com até 1.500 pessoas podem ser liberados a partir de novembro

Publicado em: 07/10/2020 19:50 | Atualizado em: 07/10/2020 19:50

segundo Bruno Schwambach, as solicitações dos eventos serão analisadas de forma individual.  (Foto: Ashlley Melo/SEI/Divulgação)
segundo Bruno Schwambach, as solicitações dos eventos serão analisadas de forma individual. (Foto: Ashlley Melo/SEI/Divulgação)

Os eventos corporativos, sociais e culturais foram liberados em todas as Gerências Regionais de Saúde de Pernambuco, porém, ainda segue com capacidade liberada diferente de acordo com cada etapa que cada uma se encontra. O próximo passo é, a partir da etapa 11 do plano de flexibilização das atividades econômicas, analisar a liberação de eventos com capacidade de até 1.500 pessoas. A partir da próxima semana serão avaliados os pedidos e a autorização será analisada de forma individual, com este tipo de evento podendo ser realizado a partir do dia 3 de novembro. 

Segundo Bruno Schwambach, secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, a etapa 11 é o que é chamado de “novo normal” dentro do plano de convivência com a pandemia do coronavírus, com todas as atividades econômicas permitidas, cada uma com carga, protocolo e horários específicos. Nesta fase, eventos maiores poderão ser autorizados, com capacidade para até 1.500 pessoas. “Antes da pandemia, para eventos com mais de 300 pessoas existia uma análise específica para cada um deles. Era preciso fazer o pedido de autorização para o Corpo de Bombeiros para ter o alvará. Agora vamos manter o rito de aprovação, incluindo a Vigilância Sanitária para avaliar se está dentro dos protocolos”, disse.

As propostas começarão a ser recebidas a partir da próxima semana e as autorizações, se concedidas, serão dadas para eventos a partir do dia 3 de novembro. “Esse tipo de evento gera uma aglomeração diferenciada e, por isso, já era exigido uma autorização do Corpo de Bombeiros. Agora serão analisados os ritos que a organização vai ter que seguir com os protocolos. As autorizações serão pontuais para cada evento e isso só vai acontecer se os números continuarem com tendência de queda. Se não houver queda, vamos avaliar semanalmente a liberação não só do eventos, como também das atividades econômicas”, concluiu o secretário. 

Etapas

A Região Metropolitana do Recife, Zonas da Mata Sul e Norte e a Gerência Regional de Saúde (Geres) de Caruaru avançam para a etapa 10 do plano de flexibilização das atividades econômicas a partir da próxima segunda-feira, dia 12. Com isso, todo tipo de evento, corporativo, social e cultural, terá capacidade ampliada para até 300 pessoas ou 50% do estabelecimento. Já as Geres de Ouricuri e Afogados da Ingazeira passam para a etapa nove, permitindo a volta dos eventos sociais e culturais, com limitação de até 100 pessoas ou 30% da capacidade do estabelecimento. Ainda serão liberados o funcionamento dos cinemas e teatros, seguindo protocolos específicos e já com a venda e consumo de alimentos e bebidas. As demais Geres de Pernambuco permanecem na etapa nove do plano de flexibilização.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Polícia Federal vai usar drones para fiscalizar irregularidades nas eleições
Rhaldney Santos entrevista Dr. João Gabriel Ribeiro, neurocirurgião
Rhaldney Santos entrevista Armando Sérgio (Avante)
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão #179 - Coração dos vertebrados
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco