Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Economia

Empreendimento

Área do Colégio Americano Batista terá multiplos usos

Publicado em: 02/10/2020 19:20

A área do Colégio Americano Batista (CAB), na área central do Recife, tem 35 mil m² e passará a ter múltiplos usos: a instituição de ensino vai dividir espaço com o Pátio Americano, um empreendimento que prevê centro de conveniência, serviços e convivência, empresarial, comércio e edifício garagem - este a ser concluído ainda em 2022. O projeto aprovado no Conselho de Desenvolvimento Urbano (CDU) na última quarta-feira (30) e receberá investimento de R$ 60 milhões - valor R$ 10 milhões acima do que havia sendo especulado.

As obras começam logo que o alvará de construção estiver efetivado e devem durar em torno de 24 meses. Neste período, serão gerados 400 empregos diretos e 200 indiretos; ja fase de implantação, serão 800 diretos e 1.200 indiretos. O projeto do Pátio Americano prevê ocupação de 15.800 m² de terreno: o empresarial terá 6.025 m² de área construída e o mall de vizinhança aberto, 7.524 m² de área bruta locável (ABL). O edifício garagem terá capacidade para 502 carros e 140 motos.

Segundo o empreendedor, Rodrigo Diniz, há conversas com uma rede de saúde, contratos firmados com lojas âncoras, inclusive cinema, e se aguarda o alvará de construção para começar a comercialização das lojas satélites. "Aquela vizinhança tem uma demanda reprimida relevante. Estamos propondo um espaço aberto, com ar de praça", comentou.

CAB
O Colégio Americano Batista existe já 114 anos e, assim como outras instituições de ensino que ocupam espaços gigantescos, precisou repensar e abrir seu espaço para outros usos. Procurada, a direção da escola preferiu não se posicionar no momento, mas garantiu que haverá preservação dos prédios tombados e das árvores que ocupam o terreno da escola.

Em 2018, o Colégio Salesiano, localizado no bairro da Boa Vista, também na área central, divulgou que passaria pela readequação de seu espaço, que está em processo de aprovação. A instituição, que tem 125 anos, publicou que o projeto prevê um complexo de uso misto, com espaços de uso público e áreas verdes abertas à população e preservação da basílica, do Teatro Boa Vista e dos prédios centenários.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Rhaldney Santos entrevista Dr. João Gabriel Ribeiro, neurocirurgião
Rhaldney Santos entrevista Armando Sérgio (Avante)
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão #179 - Coração dos vertebrados
De 1 a 5 : Cuidados com a luz são essenciais na rotina do trabalho remoto
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco