Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Economia

Levantamento

Cesta básica sobe 1,16% na Região Metropolitana do Recife

Publicado em: 10/09/2020 15:47

Quilo da cebola e da batata inglesa tiveram variações altas. (Foto: Luiz Costa/SMCS/Divulgação)
Quilo da cebola e da batata inglesa tiveram variações altas. (Foto: Luiz Costa/SMCS/Divulgação)

A cesta básica passou de R$ 444,06 em agosto para R$ 449,22 em setembro na Região Metropolitana do Recife, o que representa uma alta de 1,16%. Com o valor apresentado, os produtos que compõem a cesta têm um impacto de 42,99% no salário mínimo. A diferença percentual nos preços entre um estabelecimento e outro chegou a 402% no caso do quilo da cebola. Já o quilo da batata inglesa chegou a uma diferença de 202% de uma loja para outra. Os dados são da pesquisa realizada pelo Procon Recife.

Na área de higiene e limpeza, o valor do pacote de absorvente de oito unidades variou entre R$ 1,19  e R$ 6,19, uma diferença de 420,17%. Já o sabão em pó de 500  gramas foi encontrado por R$ 1,05 e R$ 3,88, uma diferença de 269,52%. Para realizar o levantamento, o órgão de defesa do consumidor passou, entre os dias 1 e 4 de setembro, por 21 estabelecimentos dos municípios do Recife, Olinda, Paulista, Camaragibe, Jaboatão dos Guararapes, Cabo de Santo Agostinho e Ipojuca. 

A análise dos preços é feita em 27 itens, entre alimentação, limpeza doméstica e higiene pessoal, considerando uma família composta por quatro pessoas, sendo dois adultos e duas crianças. A pesquisa pode ser encontrada no site do Procon: www.procon.pe.gov.br.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Rhaldney Santos entrevista a radiologista Mirela Ávila
Rhaldney Santos entrevista o candidato à prefeitura do Recife Carlos de Andrade Lima (PSL)
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão #164 Atrópodos: a importância da quitina
Pernambuco investe R$ 47,2 milhões na agricultura familiar
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco