Pernambuco.com
Pernambuco.com
Notícia de Divirta-se

ARTE CONTEMPORÂNEA

Pernambucanos marcam presença em mostra de projeções em São Paulo

Publicado em: 22/04/2021 16:16

Moazart Santos (acima) e Transborda, obra de Roberta Carvalho (abaixo) (Foto: Bia Ferrer/Divulgação)
Moazart Santos (acima) e Transborda, obra de Roberta Carvalho (abaixo) (Foto: Bia Ferrer/Divulgação)

Quem desembarca na Estação Central do Metrô do Recife certamente lê a frase, bem no fim de um longo corredor: "O SEU DIA HOJE SERÁ INCRÍVEL". A frase está escrita com pixels muito grandes e, na medida que o passageiro caminha, fica ilegível. “Mas a mensagem fica gravada na memória. É um convite para viver a cidade, ficar curioso com a cidade, andar pela cidade. Arte-paisagem, arte-cidade”, diz Mozart Santos, idealizador da obra. A sua descrição dessa intervenção também serve para explicar bem a mostra Céu aberto - O distanciamento entre o ser humano e a natureza, que começa hoje, quando é comemorado o Dia da Terra, indo até o próximo dia 29, com projeções de nove artistas em diferentes paredões de São Paulo.

União da arte com a tecnologia para comunicar ideias, pensamentos e informações, as intervenções serão transmitidas pelo YouTube do projeto (youtube.com/CEUABERTO), acompanhado por videodocumentários dos processos artísticos de cada autor. A idealização é do recifense, que trabalha com projeções há anos, que convidou os pernambucanos Guto Barros e Lourival Cuquinha para compor a programação.

Roberta Carvalho (PA), Mozart Fernandes (SP) e Marta Rijo (Portugal), VJ Suave (SP), Sitah (SP) e Catharina Suleiman (SP) completam a grade. “A ideia da expo surgiu de uma inquietação em chamar a atenção das pessoas pra elas entenderem que as suas ações com o meio ambiente podem ter consequências irreparáveis, com esta pandemia. Cuidar da natureza é uma urgência, então convoquei estes artistas a criarem uma obra de videoarte-intervenção urbana que debatesse sobre o distanciamento entre o ser humano e a natureza”, explica Mozart, que cresceu no Ibura, na periferia da Zona Sul do Recife, e hoje mora em São Paulo.

O artista ficará responsável pela abertura da mostra. A sua projeção exibirá uma série de fotografias de folhas de plantas das praças que, transformadas em vídeos, refletem sobre as queimadas. O outro conterrâneo, Lourival Cuquinha, exibirá na terça-feira, mostrando o significado de "grilagem" e levando esse sentido para o descobrimento e colonização do país. Guto Barros fará o encerramento, na quinta, com uma performance de rua que problematiza o equilíbrio entre o natural e o artificial.

No total, serão 16 projetos de 20 mil lúmens para mostrar essas obras. Um dos projetores, com 35 mil lúmens, será usado pela primeira vez na América Latina. Uma equipe de quase 20 pessoas trabalha de forma remota para essa produção. “O que teremos esta semana é algo muito potente e traz um debate muito urgente e necessário. É uma exposição de arte contemporânea, mostrada em escala monumental em gigantes fachadas de prédios de São Paulo. Onde cada artista criou um vídeo-arte que problematiza e nos faz refletir sobre a relação do ser humano com a natureza", diz Mozart.

O recifense também é co-fundador do Projetemos, movimento que ganhou força durante a pandemia por projetar mensagens de conforto, cuidado e informação em periferias e diversas cidades do Brasil, todos os dias, desde o início da quarentena, em 2020. “Por um lado haviam as fake News criando as desinformações que podem até ter matado alguém. Do nosso lado compartilhávamos em rede coordenada em todo Brasil imagens e textos projetados em prédios e compartilhamos em redes sociais. Isso foi importante em diversas frentes”, explica, sobre o outro projeto. "Vários grupos nos pediram apoio em suas militâncias. Já fizemos atos importantes para WWF, Geenpeace, ONU, etc. E todos os dias, a gente projeta mensagens pra conscientizar e informar as pessoas".
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
ONU pede  investigação independente sobre chacina no Rio
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 07/05
Teich vincula renúncia à pressão de Bolsonaro para usar cloroquina
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 06/05
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco