Diario de Pernambuco
Busca

UNIVERSO

Astrônomos encontram buraco negro de massa estelar próximo da Via Láctea

Publicado em: 18/07/2022 17:53

 (crédito: ESO/L. CALÇADA)
crédito: ESO/L. CALÇADA
Um grupo de pesquisadores — conhecidos por desmascarar várias descobertas de buracos negros e chamados de "policiais dos buracos negros" — conseguiu identificar o fenômeno na Grande Nuvem de Magalhães, uma galáxia "próxima" a Via Láctea. Foi a primeira vez em que eles identificaram um buraco negro ao invés de rejeitar a possibilidade de ele ser um.

A descoberta foi feita graças a seis anos de observações obtidas com o Very Large Telescope (VLT) do Observatório Europeu do Sul (ESO), no Chile, e os astrônomos identificaram que esse é o primeiro buraco negro adormecido e de massa estelar encontrado fora da nossa galáxia. "Identificamos uma 'agulha no palheiro'”, garante Tomer Shenar, um dos autores da pesquisa.

Os buracos negros de massa estelar são formados quando uma de suas estrelas massivas chegam ao final de suas vidas e por isso giram em torno uma das outra. Esse processo deixa para trás um buraco negro em órbita com uma estrela companheira luminosa.

Outro detalhe sobre o sistema binário VFTS 243 é que, para ser considerado "adormecido", ele precisa não emitir altos níveis de radiação de raios-X, que é como esses buracos negros são normalmente detectados. Além disso, um dos motivos dos buracos negros adormecidos não serem tão facilmente detectados é que eles não interagem com o ambiente.

O buraco VFTS 243 tem pelo menos nove vezes a massa do nosso Sol e orbita uma estrela azul e quente que pesa 25 vezes a massa do Sol e a pesquisa que o encontrou levou seis anos de observação de cerca de 1.000 estrelas massivas na região da Nebulosa da Tarântula da Grande Nuvem de Magalhães, procurando aquelas que poderiam ter buracos negros como companheiros. 


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL

Sapos desenvolveram maior capacidade cognitiva para escapar de predadores

17/08/2022 às 18h40

Cientistas criam teste que identifica doença de Lyme em cavalos

17/08/2022 às 14h00

Saiba os benefícios da vitamina B6, que ajuda no combate à depressão

12/08/2022 às 11h24

Pegadas da Era do Gelo lançam luz sobre primeiros habitantes da América do Norte

11/08/2022 às 21h57

Inteligência artificial simula como água é congelada molecularmente

11/08/2022 às 16h40

Estudo reforça que o lazer protege contra o desenvolvimento de Alzheimer

11/08/2022 às 09h18

Aquecimento global começa a derreter o Eais, o maior manto de gelo da Terra

11/08/2022 às 09h10

Conheça a Garatéa-L, missão que pretende levar o Brasil à Lua em 2025

10/08/2022 às 16h50

Cientistas descobrem composto que pode combater bactérias resistentes

10/08/2022 às 16h45

Meteoritos gigantes podem ter criado os continentes, diz novo estudo

10/08/2022 às 13h40

Estudo aponta que água da chuva não é potável pelas substâncias químicas

10/08/2022 às 11h48

Exame de eletrocardiograma pode diagnosticar diabetes

10/08/2022 às 09h39

Produto químico bem comum é ligado a casos de câncer de fígado

09/08/2022 às 08h47

: Jeremy Cleeman, pós-graduando na Faculdade de Engenharia da Rutgers e principal autor do estudo. -

Entenda as vantagens da impressora 3D com bicos independentes

08/08/2022 às 08h28

Temperaturas mais frias inibem crescimento de tumores em camundongos

04/08/2022 às 14h30

Técnica que 'ressuscitou' células de porcos pode ser usada em humanos no futuro

04/08/2022 às 07h26

James Webb capta Earendel, a estrela mais distante do Universo; veja

03/08/2022 às 17h10

Pesquisa restaura a função de células de porcos uma hora após a morte

03/08/2022 às 14h20