Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de DP+Ciência

ESTUDO INÉDITO

Fim da biópsia? Dispositivo promete identificar câncer de pele sem dor

Publicado em: 05/05/2022 13:38

 (crédito: Stevens Institute of Technology)
crédito: Stevens Institute of Technology
Pesquisadores do Stevens Institute of Technology, nos Estados Unidos, estão desenvolvendo um dispositivo portátil de baixo custo que pode reduzir pela metade a taxa de biópsias desnecessárias para detectar câncer de pele. O estudo foi publicado na Scientific Reports.

Hoje em dia, quando há suspeita da doença, é preciso retirar pequenos pedaços de tecido para serem feitos testes em laboratório. As biópsias incomodam e deixam feridas que podem levar semanas para cicatrizar. De acordo com o estudo, são encontradas cerca de 30 lesões benignas para cada caso de câncer de pele.

A ideia dos cientistas é usar imagens de ondas milimétricas — a mesma tecnologia usada em scanners de segurança de aeroportos — para escanear a pele de um paciente.

O tecido saudável é capaz de refletir os raios de ondas milimétricas de maneira diferente do tecido canceroso. Os pesquisadores usaram o dispositivo em 71 pacientes e conseguiram distinguir com precisão lesões benignas e malignas em apenas alguns segundos.

A equipe já está trabalhando para comercializar sua tecnologia e acredita que ela poderá chegar aos hospitais nos próximos dois anos. 
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Última Volta: GP da Espanha 2022 de F1
Antiproibicionismo: Marcha da Maconha por uma nova política de drogas
Manhã na Clube: entrevista com Raquel Lyra (PSDB)
Casamento de Lula e Janja: celulares barrados na entrada
Grupo Diario de Pernambuco