Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Ciência e Saúde

SAÚDE

Pesquisa revela que forma grave de Covid-19 pode afetar os olhos

Publicado em: 16/04/2021 19:42

 (Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil
Uma pesquisa brasileira revela que a Covid-19 pode causar lesões sérias e irreversíveis nos olhos de pacientes que tiveram a forma mais grave da doença, podendo afetar cerca de 20% desses pacientes.

Segundo o professor de oftalmologia Rubens Belford Júnior, da Escola Paulista de Medicina, coordenador da pesquisa, as lesões na retina podem ser um sinalizador de gravidade e indicar complicações no sistema nervoso.

Os cientistas ainda não sabem se a retina é afetada diretamente pelo coronavírus, pela inflamação, por problemas de coagulação causados por eles, ou se por todos esses fatores combinados.

A pesquisa observou 104 pacientes com Covid-19 internados em unidades de terapia intensiva (UTIs), com ou sem ventilação mecânica e em enfermarias.

Entre os danos observados, estão microtrombos, hemorragias e, em alguns casos, lesões em ambos os olhos. Na fase aguda da Covid-19, alguns pacientes manifestam conjuntivite, que pode durar alguns dias.

Os cientistas ainda não sabem se a retina é afetada diretamente pelo coronavírus, pela inflamação e problemas de coagulação causados por eles ou se por todos esses fatores combinados. Na fase aguda da Covid-19, alguns pacientes manifestam conjuntivite, que pode durar alguns dias.

O estudo foi financiado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações, e publicado na revista médica Ocular Immunology and Inflamation Journal.
TAGS: visão | pesquisa | olhos | covid-19 |
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
De 1 a 5: dicas para destravar sua criatividade e ampliar a percepção
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 10/05
Gil do Vigor é recebido com festa da população e honraria em Paulista
Imunização para gestantes começa a ser liberada, mas ainda gera dúvidas
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco