MEIO AMBIENTE

PF deflagra megaoperação contra madeira ilegal em terra indígena no Maranhão

Publicado em: 03/08/2022 16:20

 (crédito: Daniel Beltra/Greenpeace)
crédito: Daniel Beltra/Greenpeace
A Polícia Federal deflagrou, nesta quarta-feira (3), uma megaoperação em Barra do Corda, no Maranhão, com o objetivo de combater a extração e a receptação ilegal de madeira na Terra Indígena Cana Brava. Nomeada de "Pterodon", a operação cumpriu a 22 mandados de busca e apreensão e a 7 mandados de suspensão de atividade econômica.

Segundo a PF, a atuação ilegal na região abastece uma cadeia criminosa de serrarias, movelarias e depósitos de madeira clandestinos. Durante as investigações, os policiais federais identificaram diversos estabelecimentos madeireiros clandestinos, que estavam atuando sem a emissão dos Documentos de Origem Florestal (DOFs). A licença é obrigatória para o transporte e armazenamento de produtos florestais de origem nativa, como madeira.

Os investigados poderão responder por crimes como receptação qualificada, depósito de produto de origem vegetal sem licença válida, funcionamento de estabelecimentos potencialmente poluidores sem autorização. As penas podem chegar até nove anos de prisão.

Além da participação de 110 agentes da PF, a megaoperação contou com a participação de servidores de autarquias ambientais, como Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). Também participaram da ação o Corpo de Bombeiros Militar (CBM) e o Batalhão de Polícia Ambiental (BPA).

Alertas de desmatamento
 
Localizada na região da Amazônia Legal, a Terra Indígena Cana Brava acumula 177 alertas de desmatamento no período de um ano, segundo informações obtidas por meio de imagens do Satélite Planet (Programa BASIL M.A.I.S). Além disso, o tempo de atividade analisado pela PF, por meio da evolução geoespacial dos estabelecimentos clandestinos, demonstrou que a atividade ilegal ocorre há anos e tem causado impactos e danos consideráveis ao meio ambiente e ao equilíbrio ecológico.

De acordo com a Polícia Federal, os madeireiros alvos da operação Pterodon estão apenas a 40Km de distância da TI, o que indica viabilidade econômica para atuarem na ilegalidade, com extração de madeira em área protegida pelo Estado brasileiro. A instituição ainda afirmou que "a conduta de armazenar, beneficiar e comercializar insumos florestais fomenta o desmatamento ilegal, a invasão em terras da União e os conflitos com indígenas da região".

O nome da operação, Pterodon, foi dado em referência ao gênero botânico homônimo, considerado um dos mais valiosos da área terra indígena.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL

STF decide que profissionais de saúde vítimas da Covid devem ser reparados

18/08/2022 às 14h35

Menino de 2 anos entra em máquina de pegar pelúcias no Rio

18/08/2022 às 13h20

Sorvetes Häagen-Dazs são recolhidos por suspeita de substância tóxica

18/08/2022 às 12h48

Celular explode enquanto criança assistia a vídeo no Ceará

18/08/2022 às 12h34

Quatro pessoas são presas com uma tonelada de cabos de cobre

18/08/2022 às 10h44

Fontes renováveis na matriz energética devem aumentar em 2022, diz MME

18/08/2022 às 10h02

Sérvia e Kosovo mantêm diálogo sob a égide da UE

18/08/2022 às 09h48

Serviços no Rio ainda não foram normalizados após ataque de hacker

18/08/2022 às 09h36

Termina nesta quinta-feira prazo para pedir voto em trânsito

18/08/2022 às 09h05

Cinco estados tiveram mais de 20 mil ações policiais durante pandemia

18/08/2022 às 09h02

Pensão atrasada: mãe de Eliza Samúdio fala sobre decreto de prisão de Bruno

17/08/2022 às 22h48

OMS investiga se rápida propagação da varíola do macaco se deve a mutações

17/08/2022 às 22h44

Desmatamento na Amazônia Legal bate recorde dos últimos 15 anos

17/08/2022 às 22h40

Confira o resultado do concurso 2511 da Mega-Sena; prêmio é de R$ 3,1 milhões

17/08/2022 às 22h36

Brasil tem 247 mortes e 21.927 mil casos de Covid-19 em 24 horas

17/08/2022 às 19h46

Investimento pode chegar a R$ 6 milhões, e inscrições vão até setembro

Petrobras lança edital para empresas de tecnologia e startups

17/08/2022 às 19h09

Máscara deixa de ser obrigatória em aeroportos e voos no Brasil

17/08/2022 às 18h33

Quilombolas serão recenseados pela primeira vez na história

17/08/2022 às 16h00