SAÚDE

Vacinação com Coronavac para crianças de 3 a 5 anos começa em seis capitais

Publicado em: 19/07/2022 08:37 | Atualizado em: 19/07/2022 08:48

 (Foto: Helia Scheppa/SEI)
Foto: Helia Scheppa/SEI
Seis capitais começaram, ontem, a vacinação de crianças entre três e cinco anos de idade contra a covid-19, depois que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou, em 13 de julho, o uso da CoronaVac para esse público. Fortaleza, São Luís, Belém, Boa Vista, Manaus e Salvador deram início às aplicações. A próxima capital a distribuir as doses é o Rio de Janeiro, que está previsto para amanhã.

Até então, a vacinação contra a covid-19 só estava autorizada para crianças a partir de cinco anos — o imunizante da Pfizer é o indicado para essa faixa. Segundo especialistas, o fármaco é totalmente seguro e necessário para proteger as crianças, que são mais suscetíveis a pegar a doença.

Segundo Bergmann Morais, professor do Departamento de Biologia da Universidade de Brasília (UnB), é fundamental que os pequeninos recebam as doses contra a covid-19. "Crianças e os idosos são a parte da população que está mais suscetível a pegar a infecção. As crianças estarão sempre mais suscetíveis porque elas ainda não têm a proteção necessária. É essencial que os pais levem as crianças para se vacinar", observou.

A CoronaVac deve ser administrada em duas doses, com 28 dias de intervalo, assim como é feito nas demais faixas de idade. Para liberar a aplicação da vacina produzida pelo Butantan para crianças entre três e cinco anos, a Anvisa se baseou em estudos realizados no Chile, na África do Sul e em países da Ásia onde o fármaco está sendo aplicado em crianças dessa idade.

Na avaliação de Bergmann Morais, caso a cobertura vacinal contra a covid-19 não atinja um alto índice, o vírus continuará circulando. Ele salienta que com as novas variantes do novo coronavírus, outras vacinas estão sendo estudadas.

"Tem um limite para se tomar doses de reforço. Nós ainda estamos vivendo uma pandemia. E as empresas já estão desenvolvendo novas vacinas para as variantes", observa.

Importância
 
Para Cláudio Maierovitch, médico sanitarista da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), é importante que os pais levem as crianças da faixa 3-5 anos para serem imunizadas. "É importante que os pais saibam que as crianças também pegam covid-19. E que a doença pode ser grave e fatal, embora não seja tão frequente como nos idosos. Mas têm muitas crianças adoecendo e as UTIs estão lotadas", alerta.

Maierovitch considera que a precipitação na suspensão das medidas de prevenção deixou as crianças mais expostas. "Isso, além de ser uma faixa etária que tem dificuldade de usar máscara e que está sempre junto de outros coleguinhas", lembra.

Ele salienta que os pais não devem deixar de imunizar os filhos por receio de alguma reação adversa da vacina — como dizem mentiras que circulam em aplicativos de mensagens. "É importante os pais desconsiderarem informações falsas que são enviadas pelo WhatsApp e pelas redes sociais, que trazem confusão e geram dúvida a respeito da eficácia da vacina. Os efeitos adversos da CoronaVac são poucos e a vacina é segura", afirmou.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL

Paraguaia é presa com cocaína no Aeroporto de Foz do Iguaçu

13/08/2022 às 17h23

Idoso é suspeito de estuprar cadela na região Nordeste de BH

13/08/2022 às 15h20

Mulher é suspeita de esfaquear companheiro durante briga em Muriaé

13/08/2022 às 15h17

Mega-Sena deste sábado paga prêmio de R$ 27 milhões

13/08/2022 às 14h11

Policial que matou tesoureiro do PT já está em Complexo Médico Penal

13/08/2022 às 14h05

A maconha era transportada em direção a goiânia -

PRF apreende cerca de 400 kg maconha e skunk com caminhoneiro sem CNH

13/08/2022 às 13h00

Costa fluminense é corredor migratório de baleias-jubarte

13/08/2022 às 09h13

PF apreende quase 1 tonelada de maconha às margens do Rio Paraná

13/08/2022 às 09h10

Cerrado é o bioma mais atingido por focos de incêndios florestais em 2022

13/08/2022 às 09h00

Casos de violência contra mulheres no Rio e em BH chocam o país

13/08/2022 às 08h54

Mega-Sena deste sábado paga prêmio de R$ 27 milhões

13/08/2022 às 08h33

Confira os resultados da Quina 5922 e da Lotomania 2351 desta sexta

12/08/2022 às 21h18

Varíola do macaco: empresa brasiliense submete dois testes à Anvisa

12/08/2022 às 20h51

Brasil registra 247 mortes e 23,5 mil novos casos de Covid-19

12/08/2022 às 19h44

Recenseador do IBGE sofre injúria racial em Belo Horizonte

12/08/2022 às 19h03

Após ataque hacker, site de pesquisa de preços da ANP segue indisponível

12/08/2022 às 17h58

De acordo com plataforma de cupons de descontos on-line, país teve expansão de 22,2% no volume de itens comprados em 2022

Brasil é líder no crescimento de compras on-line, diz estudo

12/08/2022 às 17h47

Ação regulamentada em julho permite que os estados concedam benefícios aos condutores sem infrações nos últimos 12 meses

Cadastro de bons motoristas começa a valer em setembro no país, anuncia governo

12/08/2022 às 16h56