Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Brasil

ILHÉUS (BA)

Festival de cacau movimenta R$ 5 milhões em quatro dias de evento

Publicado em: 25/07/2022 16:00

 (crédito: Paulo Vagner/Chocolat Festival)
crédito: Paulo Vagner/Chocolat Festival
Valorizar o cultivo do cacau brasileiro, reunir a cadeia produtiva e apresentar os diferenciais do "chocolate de verdade". Esses são os objetivos do Chocolat Festival Internacional do Chocolate e Cacau, cuja 13ª edição ocorreu em Ilhéus (BA), entre quinta-feira (21) e domingo (24). Com 120 expositores de cerca de 250 marcas, o evento reuniu 40 mil visitantes e gerou mais de R$ 5 milhões em negócios diretos.

O evento foi realizado no Centro de Convenções de Ilhéus, com entrada gratuita. A última edição, em Altamira (PA), entre 30 de junho e 3 de julho, também recebeu 40 mil pessoas, com geração de R$ 3 milhões. Em dezembro de 2021, o primeiro evento com público presencial desde a pandemia da covid-19, em Ilhéus, foram arrecadados R$ 4,5 milhões, com atração de 25 mil pessoas. A próxima edição será em Linhares (ES), entre 18 e 21 de agosto.

O 13º festival ofereceu programação com palestras, debates, rodas de conversa, degustação e aulas de culinária, além da Feira dos Municípios, com peculiaridades da gastronomia e cultura de cidades do sul da Bahia, como Buerarema, Ibicuí, Ilhéus e Itacaré. A novidade desta edição contou com stands de novos derivados do cacau como nibs, cervejas, chás, cachaças e mel de cacau.

Realizado desde 2009, o Chocolat Festival é considerado o maior evento de chocolate de origem da América Latina e reúne toda a cadeia produtiva do cacau, desde o fruto até o produto final. São mais de 20 edições realizadas entre Bahia, Pará e São Paulo, levando diversas marcas de chocolate de origem, bean to bar (do grão à barra), premium e gourmet.

O festival, realizado pela MVU Eventos, contou com apoio do Fundo de Cultura da Bahia, além do estado do Pará, da Prefeitura Municipal de Ilhéus, da Bahiagás, do Centro Internacional de Negócios da Bahia (CIN), da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb), do Sebrae e do Sicoob Leste Capixaba.

O evento também teve apoio institucional da Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac), do Instituto Biofábrica, da Associação dos Municípios do Sul, Extremo Sul e Sudoeste da Bahia (Amurc), da Castelli Escola de Chocolataria, da Associação de Turismo de Ilhéus (Atil) e da Costa do Cacau Convention Bureau, entre outras instituições.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Manhã na Clube: entrevistas com dr. Heitor Medeiros e André Navarrete (Innovation Meeting)
Em busca de água, indígenas brasileiros encontram novo lar
Manhã na Clube: entrevista com Carlos Veras (PT), deputado federal
China executa maiores exercícios militares em décadas
Grupo Diario de Pernambuco