Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Brasil

CONCURSO MUSICAL

EBC promove Festival de Música 100 anos de Rádio no Brasil

Publicado em: 31/07/2022 09:46

Concurso expande abrangência e reúne Rádios MEC e Nacional (Crédito: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)
Concurso expande abrangência e reúne Rádios MEC e Nacional (Crédito: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)
Em comemoração ao centenário do rádio no país, a Empresa Brasil de Comunicação (EBC) promove o Festival de Música 100 anos de Rádio no Brasil, com inscrições gratuitas a partir das 18h de 1º de agosto. O objetivo é valorizar a produção de artistas nacionais e revelar obras musicais inéditas.

Para celebrar a efeméride, a Rádio MEC, a Rádio Nacional e a Rádio Nacional do Alto Solimões abrem espaço nas suas programações para cantores, compositores e instrumentistas. As gravações concorrentes devem ter identificação com o perfil musical das emissoras públicas.
 
Com novo formato, que contempla os eventos musicais consagrados já realizados pelas rádios geridas pela EBC, o Festival de 2022 vai premiar os vencedores em cinco categorias: música clássica, instrumental, infantil, popular e regional do Alto Solimões, restrita aos autores da região de Tabatinga (AM) e da Tríplice Fronteira.

Inscrições e votação popular
Os interessados podem concorrer com até duas obras por categoria. A duração de cada produção deve ser de no máximo seis minutos para música popular, infantil e regional do Alto Solimões. Já as composições nas categorias música clássica e instrumental podem ter até dez minutos.
 
Os artistas têm até o dia 31 de agosto para garantir sua participação e devem preencher o formulário online e fazer upload do material solicitado no regulamento do Festival de Música 100 anos de Rádio no Brasil.

A seleção das músicas ganhadoras valoriza o voto popular. A participação do público por votação na internet considerada nas etapas do concurso definirá várias finalistas. A escolha das outras concorrentes fica a critério da Comissão Julgadora formada por personalidades de notório saber ou em atividade na área musical e profissionais da EBC.
 
Etapas do concurso
O Festival de Música 100 anos de Rádio no Brasil será organizado em etapas e tem início com a abertura do período de inscrições. As três fases seguintes englobam a seleção, a divulgação e a veiculação das músicas classificadas, semifinalistas e finalistas na programação das emissoras, respectivamente, de acordo com votação popular pela internet e análise da Comissão Julgadora. Ao final, as obras vencedoras são selecionadas e anunciadas.

No primeiro momento após o término das inscrições, a Comissão Julgadora seleciona até cem músicas classificadas para a segunda etapa. O número de obras por categoria vai atender a proporcionalidade de músicas inscritas.
 
As produções escolhidas na fase inicial serão executadas na programação das emissoras para apreciação dos ouvintes que podem votar nas músicas de sua preferência. Os critérios da Comissão Julgadora para avaliar as obras observam a qualidade artística (música, letra, partitura e interpretação), originalidade e a qualidade da gravação.

As composições classificadas na segunda fase ainda passam por uma semifinal, também com veiculação nas rádios, até a definição das obras finalistas na quarta etapa. Esta fase reunirá selecionadas músicas por categoria, definidas por votação popular através da internet e pelos critérios da Comissão Julgadora.
 
Reconhecimento e premiação
As 15 músicas habilitadas para a final concorrem aos prêmios no programa especial que marca a decisão do festival. Os artistas vencedores terão o talento reconhecido com a entrega dos troféus de cada categoria.

Os ganhadores recebem os seguintes títulos: Prêmio Rádio MEC de Melhor Música Clássica, Prêmio Rádio MEC de Melhor Música Instrumental, Prêmio Rádio MEC de Melhor Música Infantil, Prêmio Rádio Nacional de Melhor Música Popular e Prêmio Rádio Nacional do Alto Solimões de Melhor Música Regional.

Além desta conquista, os laureados ainda obtêm um reconhecimento artístico com a audiência dos ouvintes das emissoras que podem acompanhar suas obras. As músicas repercutem junto ao público na programação das rádios de acordo com o perfil de cada emissora.

Os autores das músicas concorrentes inscritas no Festival autorizam a execução na grade da Rádio MEC, da Rádio Nacional e da Rádio Nacional do Alto Solimões, além de permitir a veiculação das obras nas emissoras afiliadas que integram a Rede Nacional de Comunicação Pública/Rádios (RNCP), bem como nos demais veículos da EBC, como a TV Brasil e plataformas digitais.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Manhã na Clube: entrevistas com dr. Heitor Medeiros e André Navarrete (Innovation Meeting)
Em busca de água, indígenas brasileiros encontram novo lar
Manhã na Clube: entrevista com Carlos Veras (PT), deputado federal
China executa maiores exercícios militares em décadas
Grupo Diario de Pernambuco