GENIALIDADE

Arquiteto mineiro com QI de 143 integra instituições para superinteligentes

Publicado em: 25/07/2022 13:15

 (crédito: Arquivo Pessoal)
crédito: Arquivo Pessoal
Condomínios diferentes dos padrões conhecidos no país. Moradias modernas, com tecnologia e sustentabilidade, pelo mesmo custo de uma casa popular atual. O dono dos projetos é o mineiro Nelson Rocha, natural de Montes Claros, na Região Norte do estado. Recentemente, o arquiteto de 36 anos foi classificado como superinteligente.

Nelson é dono de um QI (Quociente de Inteligência) de 143 pontos, acima do índice considerado normal (95 a 105), e foi aceito em duas instituições restritas a pessoas muito inteligentes: a americana Intertel e a britânica Mensa International.

Com isso, o montes-clarense viu sua vida mudar em 180 graus. As ideias anteriormente consideradas demasiadamente futuristas são hoje disputadas por empresas renomadas do mercado.

A personalidade de Rocha sempre foi peculiar: distraído, imerso em pensamentos e com ideias avançadas para a compreensão alheia.

No casamento, quando muitas vezes não escutava a mulher o chamar, surgiu a hipótese de perda de audição, descartada por meio de exames médicos.

QI elevado
 
Foi recomendado a Nelson buscar a ajuda de uma neuropsicóloga. A profissional da área, Nathalie Gudayol, passou a atender o arquiteto. Ela conta que, na primeira conversa, percebeu algo diferente.

"Vários testes foram realizados. E a constatação, o Nelson era diferente sim. Possuía um QI bem acima da média", diz. Segundo Nathalie, "é raro alguém com uma pontuação tão elevada.

Além de desenvolver casas populares, o arquiteto tem o projeto de ensinar as pessoas "Como o Nelson Pensa" para o desenvolvimento de um raciocínio inovador. 
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL

Pensão atrasada: mãe de Eliza Samúdio fala sobre decreto de prisão de Bruno

17/08/2022 às 22h48

OMS investiga se rápida propagação da varíola do macaco se deve a mutações

17/08/2022 às 22h44

Desmatamento na Amazônia Legal bate recorde dos últimos 15 anos

17/08/2022 às 22h40

Confira o resultado do concurso 2511 da Mega-Sena; prêmio é de R$ 3,1 milhões

17/08/2022 às 22h36

Brasil tem 247 mortes e 21.927 mil casos de Covid-19 em 24 horas

17/08/2022 às 19h46

Investimento pode chegar a R$ 6 milhões, e inscrições vão até setembro

Petrobras lança edital para empresas de tecnologia e startups

17/08/2022 às 19h09

Máscara deixa de ser obrigatória em aeroportos e voos no Brasil

17/08/2022 às 18h33

Quilombolas serão recenseados pela primeira vez na história

17/08/2022 às 16h00

Receita deflagra uma operação em SP e RS contra sonegação de tributos

17/08/2022 às 11h01

IBGE inicia censo em territórios quilombolas

17/08/2022 às 09h09

Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira prêmio estimado em R$ 3 milhões

17/08/2022 às 08h41

Juiz do TRT acusado de assédio sexual por 30 mulheres pede férias

17/08/2022 às 08h07

CNJ lança sistema de busca de ativos em bases de dados

16/08/2022 às 21h18

Brasil teve 23.040 casos e 206 mortes por Covid-19 em 24 horas

16/08/2022 às 21h14

Anatel faz consulta pública para padronizar carregadores de celular

16/08/2022 às 21h07

Confira os resultados da Lotofácil 2600 e Dupla Sena 2405 desta terça-feira

16/08/2022 às 20h48

Nove em cada dez crianças e adolescentes são usuárias de internet

16/08/2022 às 18h44

Ministério da Saúde nomeia novo secretário-executivo

16/08/2022 às 18h38