Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Brasil

VACINAÇÃO

Vacina contra Covid evitou até 600 mortes por dia em 2021

Publicado em: 08/06/2022 20:45 | Atualizado em: 08/06/2022 21:12

 (Foto: Iggor Moura/PCR
)
Foto: Iggor Moura/PCR
Entre fevereiro e junho de 2021, primeiros quatro meses do esquema vacinal contra a Covid, foram evitadas 500 mortes por dia. O número subiu para 600 ao longo dos quatro meses seguintes, mesmo com a imunização escalonada por idade, de acordo com uma pesquisa feita por Gesner Oliveira, economista da Fundação Getúlio Vargas (FGV), solicitada pela Pfizer Brasil.
 
A pesquisa revela que a vacinação foi o melhor investimento durante a pandemia, pelos seus efeitos de curto a longo prazo, segundo o economista. 


Impacto no PIB
 
Segundo o estudo, além de evitar as mortes, os R$ 22 bilhões investidos pelo País em vacinas contra a Covid-19 em 2021 geraram um impacto positivo de R$ 200 bilhões no Produto Interno Bruto (PIB). Ou seja, para cada real investido em vacina gerou-se um impacto positivo de R$ 9.
 
Além disso, o economista também afirma que a vacina é uma das melhores ferramentas de política econômica, combatendo a pandemia e estimulando a economia pelo fato de reestabelecer a circulação entre as pessoas.

Para o economista, um instrumento que reduza em 500 ou 600 o número de mortes por dia e ainda estimula a economia deve estar "no topo da prioridade das políticas públicas".
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Manhã na Clube: entrevista com o ex-ministro e pré-candidato ao senado, Gilson Machado
Suspeito de ataque a tiros com seis mortos é detido nos EUA
Manhã na Clube: entrevistas com o pastor Wellington Carneiro e Alexandre Castelano
Planta gigante, prima da vitória-régia, é descoberta em Londres
Grupo Diario de Pernambuco