Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Brasil

DESAPARECIMENTO

Servidores aprovam greve após falas do presidente da Funai sobre Bruno e Dom

Publicado em: 13/06/2022 21:20

 (Foto: Carlos Vieira/CB)
Foto: Carlos Vieira/CB
Servidores da Fundação Nacional do Índio (Funai) declararam greve nesta segunda-feira (13) após fala do presidente da Fundação, Marcelo Augusto Xavier da Silva, de que o jornalista britânico Dom Philips e o indigenista Bruno Pereira não teriam autorização para entrar na área indígena. Os dois desapareceram no dia 5 de junho na região do Vale do Javari, na Amazônia. Os servidores anunciaram ainda um ato na terça-feira (14), às 9h, no Ministério da Justiça. 

"O Presidente da Funai, Marcelo Xavier, se recusou a garantir a segurança dos servidores e ainda caluniou e criminalizou o servidor Bruno Pereira, os servidores do Vale do Javari, e a UNIVAJA", disseram os servidores em nota. "A gestão da Funai não se importa com seus servidores, então declaramos greve e iremos reivindicar nossos direitos com o Ministro da Justiça".

A greve foi decidida em assembleia com participação da Indigenistas Associados (INA), do Sindicado dos Servidores Públicos Federais do Distrito Federal (Sindisep-DF), da Confederação Nacional dos Servidores Públicos Federais (Considef) e da Associação Nacional dos Servidores da Funai (Ansef).

Mais cedo, em carta enviada a Marcelo Xavier, as entidades deram um prazo até as 18h desta segunda (13) para que o presidente da Funai se retratasse "pela difamação e pelas inverdades presentes em suas declarações públicas acerca do caso de desaparecimento de Bruno Pereira e Dom Phillips".

Confira a nota na íntegra
Servidores da Funai em Greve!!!

O Presidente da Funai, Marcelo Xavier, se recusou a garantir a segurança dos servidores e ainda caluniou e criminalizou o servidor Bruno Pereira, os servidores do Vale do Javari, e a UNIVAJA.

A gestão da Funai não se importa com seus servidores, então declaramos Greve e iremos reivindicar nossos direitos com o Ministro da Justiça.

Amanhã, às 09 horas, servidores mobilizados irão para o ministério da justiça reivindicar os seus direitos e clamar por justiça por Bruno e Dom!
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Última Volta: GP da Grã Bretanha de F1 2022
Toalhas de Lula e Bolsonaro movimentam o comércio e dão o tom das eleições
Desemprego cai a 9,8% entre março e maio no Brasil
Manhã na Clube: entrevistas com o deputado federal Daniel Coelho e com a Dra. Magda Maruza
Grupo Diario de Pernambuco