Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Brasil

JUSTIÇA

MP denuncia fundador da Ricardo Eletro por sonegar R$ 86 milhões

Publicado em: 15/06/2022 18:26

 (Em julho de 2020, Ricardo Nunes já havia sido preso na operação 'Direto com o Dono', que investigou a sonegação de R$ 387 milhões em impostos. Foto: Cristina Horta/EM/D.A Press)
Em julho de 2020, Ricardo Nunes já havia sido preso na operação 'Direto com o Dono', que investigou a sonegação de R$ 387 milhões em impostos. Foto: Cristina Horta/EM/D.A Press
O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) denunciou, na terça-feira (14), o fundador da rede de varejo Ricardo Eletro, e o então diretor Pedro Daniel Magalhães, por sonegação de R$ 86 milhões.

Entre junho de 2016 e maio de 2018, os denunciados cobraram ICMS em operações de venda de mercadorias para clientes que residiam no Rio de Janeiro, mas não recolheram os valores à Fazenda.

Pedro Daniel Magalhães foi diretor da Ricardo Eletro de outubro de 2015 a 10 de maio de 2019.

Já Ricardo Nunes, segundo o MP, apesar de ter renunciado ao cargo de diretor-presidente em outubro de 2015, seguiu tomando decisões na empresa até 2019.

Apesar de os clientes serem do Rio de Janeiro, devido a empresa ter três endereços em Minas Gerais, sendo dois em Contagem e um em Lagoa Santa, onde ocorreram a maior parte das 58 infrações penais, o MP mineiro fica responsável por denunciar o caso.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Última Volta: GP da Grã Bretanha de F1 2022
Toalhas de Lula e Bolsonaro movimentam o comércio e dão o tom das eleições
Desemprego cai a 9,8% entre março e maio no Brasil
Manhã na Clube: entrevistas com o deputado federal Daniel Coelho e com a Dra. Magda Maruza
Grupo Diario de Pernambuco