Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Brasil

PROTESTO

Brasileiro escala o Everest e abre faixa com 'Fora Bolsonaro'

Publicado em: 18/05/2022 16:06 | Atualizado em: 18/05/2022 16:07

 (crédito: Instagram/Reprodução)
crédito: Instagram/Reprodução
A longa jornada do brasileiro Gabriel Tarso, para chegar ao cume do Monte Everest, terminou em protesto contra o presidente Jair Bolsonaro (PL). Ao completar a escalada dos imponentes 8.849 metros – que fazem da montanha a mais alta do mundo – o paulista estendeu uma bandeira com os dizeres “Fora Bolsonaro”.

Esta é a segunda vez, em dois anos, que Gabriel Tarso, fotógrafo e montanhista, chega ao topo do mundo. Nas redes sociais, ele dedicou o feito aos brasileiros e relacionou suas conquistas na montanha à possibilidade de “fazer diferente”.

“Esse segundo cume é para todos ps que têm uma segunda chance para fazer diferente em outubro e gritar por um Brasil melhor, para que a gente possa voltar a sentir orgulho do verde e amarelo, seja nas ruas de uma cidade do interior ou no ponto mais alto do planeta”, escreveu.

Gabriel chegou ao topo do Everest na manhã do dia 15 de maio, após quase dois meses de expedição. “Dessa vez, dedico esse segundo cume àqueles que nunca se calaram nos últimos 4 anos, mas especialmente àqueles que silenciaram suas vozes. Àqueles que, assim como eu, aprenderam da forma mais amarga que todo silêncio tem seu preço”, compartilhou com seus seguidores no Instagram.

“Só pra lembrar: 'O que me preocupa não é o grito dos maus, mas o silêncio dos bons'”, completou o montanhista.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Toalhas de Lula e Bolsonaro movimentam o comércio e dão o tom das eleições
Desemprego cai a 9,8% entre março e maio no Brasil
Manhã na Clube: entrevistas com o deputado federal Daniel Coelho e com a Dra. Magda Maruza
Registro de armas dispara no Brasil durante governo Bolsonaro
Grupo Diario de Pernambuco