Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Brasil

CONSUMIDOR

McDonald's admite que McPicanha não tem a carne e é notificado pelo Procon

Publicado em: 28/04/2022 18:02 | Atualizado em: 28/04/2022 18:08

 (Foto: Divulgação/Mc Donald's)
Foto: Divulgação/Mc Donald's
A rede de fast food McDonald’s foi notificada, nesta quinta-feira (28), pelo Procon de São Paulo após a empresa admitir que a nova linha da marca, a McPicanha, não é feita de picanha. O McDonald’s admitiu, nesta quarta (27/4), que o hambúrguer dos sanduíches são "produzidos com diferentes cortes de carne bovina", após a página no Instagram Coma com os Olhos ameaçar a empresa de processo no Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) por propaganda enganosa.

O órgão de defesa ao consumidor afirma, em comunicado, que a Arcos Dourados Comércio de Alimentos, razão social do McDonald’s no Brasil, deverá, até a próxima segunda-feira (2), "apresentar a tabela nutricional dos sanduíches, atestando a composição de cada um dos ingredientes (carne, molhos, aditivos, dentre outros)".

Além disso, a empresa deverá mostrar documentos que comprovem os testes de qualidade realizados no produto, “demonstrando o processo de manipulação, acondicionamento e tempo indicado para consumo”. O Procon-SP também quer analisar a qualidade das embalagens para verificar a eficiência em condicionar os produtos.

Nesta quarta-feira (27), o McDonald’s publicou uma nota em que afirma que a linha se chama dessa forma por trazer "a novidade do exclusivo molho sabor picanha (com aroma natural de picanha) e uma nova apresentação". A empresa disse que a carne utilizada é "um hambúrguer diferente em composição e em tamanho (100% carne bovina, produzido com um blend de cortes selecionados e no maior tamanho oferecido pela rede atualmente".

A empresa ainda diz lamentar "que a comunicação criada sobre os novos produtos possa ter gerado dúvidas" e informou que "haverá novas peças destacando a composição dos sanduíches de maneira mais clara". O sanduíche custa entre R$ 37,90.

A ação pode ser enquadrada no artigo 23 do Código de Ética do Conar, que afirma que "os anúncios devem ser realizados de forma a não abusar da confiança do consumidor, não explorar a falta de experiência ou de conhecimento e não se beneficiar da credulidade". O artigo 27 também poderá ser utilizado, que diz que a propaganda "não deverá conter informação que leve o consumidor a engano quanto ao produto anunciado".

Em 5 de abril, a nova linha ganhou destaque nacional após realizar, de forma inédita, a gravação da campanha dos novos produtos dentro da casa do Big Brother Brasil 22. Os brothers improvisaram uma campanha e reagiram aos sabores da nova linha.

Com destaque para a carne de sabor picanha, o vídeo publicitário com os participantes foi publicado em 14 de abril. Na tarde desta quinta-feira (28), a propaganda já não está disponível em nenhuma rede social da marca.

O Correio procurou o Conar para saber o posicionamento da empresa, mas até a última atualização desta matéria, não obteve resposta. O espaço permanece aberto para eventuais manifestações. 

Esconderam informação de forma estratégica, diz blog que denunciou McDonald’s
A notificação do Procon-SP foi feita nove dias após o blog Comer com os Olhos denunciar uma irregularidade na propaganda da empresa. O blog afirma que recebeu de funcionários da rede um memorando interno em que são orientados sobre a nova linha, que é um relançamento de uma antiga, a Picanha do Méqui.

No documento, os funcionários são avisados de que “os sanduíches Novos Picanhas utilizarão carne de Tasty”. “Esse sanduíche passará a utilizar carne 3.1. Finalize os estoques de carne PIC antes de usar a carne 3:1”, diz um trecho do memorando.

“De forma estratégica, deixaram uma informação extremamente relevante fora dessa divulgação. A tal carne de Picanha, internamente chamada de Carne Pic, foi descontinuada. E desde o dia 5/4/2022, todos os restaurantes da rede foram notificados pela matriz que deveriam passar a usar a carne 3.1, ou seja, a carne da linha Tasty”, escreveu o blog na denúncia.

"Tal informação, que não é passada ao consumidor da marca, é comprovada através dos prints de materiais de treinamento interno que foram obtidos com funcionários do McDonald's Brasil", diz o texto da página Coma Com os Olhos.

O grupo diz que a propaganda do McDonald’s fala sobre um molho no sabor picanha, mas "sem informar a tal descontinuação da carne de picanha". "Por mais que certas informações estejam em formato de texto legal, você está sendo induzido ao erro, você está sendo enganado, comprando gato por lebre. Não existe meio termo aqui", pontua o blog.

A publicação ainda afirma que confirmou as informações obtidas em quatro unidades do Mc em três estados do país e que enviou a denúncia para o Conar e o Procon-SP. Por este motivo, o Procon-SP também exigiu a cópia dos materiais publicitários e das mídias de divulgação da linha de 2022.

Internet reage ao McPicanha sem picanha: "Homenagem ao prato brasileiro"
Após a nota em que McDonald’s admite ausência de picanha na linha McPicanha, usuários das redes sociais reagiram com deboche e criticaram a empresa. “O McDonald’s lamenta, poxa, que os consumidores tenham achado que havia picanha no lanche só porque o lanche chama McPicanha. É cada associação absurda que esses consumidores fazem….”, ironizou um usuário.

“McPicanha sem picanha é homenagem ao prato brasileiro, diz McDonald’s”, debochou o blog de humor Sensacionalista. Outros perfis relembraram casos parecidos, em que o nome do produto não condizia com a composição dele.

“Essa confusão do McPicanha não ter picanha me lembrou qdo fui feliz da vida tomar o achocolatado Alpino, com a marca Alpino e a garrafinha toda feita no visual Alpino, mas que não tinha gosto nenhum de Alpino e na embalagem tava escrito pequenininho ‘não contém chocolate Alpino’”, lembra a comediante Cris Paiva.

“As empresas estão cada vez mais caras de pau. O McDonald’s informou que lamenta que os consumidores pensem que o McPicanha tem picanha na carne, sendo que o molho é o destaque. Famoso ‘todo dia sai de casa um malandro e um otário’ pqp”, se chateia outro usuário.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Manhã na Clube: entrevista com Raquel Lyra (PSDB)
Casamento de Lula e Janja: celulares barrados na entrada
Soldado russo se declara culpado por crime de guerra na Ucrânia
Manhã na Clube: entrevista com Maria Zilá Passo, advogada especialista em direito da saúde
Grupo Diario de Pernambuco