Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Brasil

REGALIAS

'Prisão VIP': unidade prisional com churrasco e uísque é descoberta no MS

Publicado em: 06/01/2022 18:51

 (Foto: Dracco/Divulgação)
Foto: Dracco/Divulgação
Uma operação da Polícia Civil do Mato Grosso do Sul descobriu um esquema criminoso que garantia regalias dentro do presídio Ricardo Brandão, em Ponta Porã (MS). Conhecida como “Prisão VIP”, os detentos tinham acesso a uísques importados, churrasco e até móveis planejados na cela. 

Concluída nesta quinta-feira (6/1), a operação foi batizada de "La Catedral", em referência à prisão onde Pablo Escobar, narcotraficante colombiano, cumpriu pena. O local ficou conhecido pela estrutura de luxo e regalias para os detentos. 

De acordo com o Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado (Dracco), responsável pela ação, cinco policiais penais que atuavam na unidade prisional foram detidos, suspeitos de receber propina para permitir as regalias.

Foram apreendidas, ainda, uma grande quantidade de cerveja, garrafas de uísque 12 anos e outras bebidas importadas. Além de drogas, celulares e dinheiro. Os policiais permitiam alterações nas celas, incluindo reformas e instalação de móveis planejados, e a entrada de comida sem passar pela revista. 

No total, o departamento responsável investiga 19 condutas criminosas, como crimes de organização criminosa, concussão, corrupção passiva e ativa. A fuga suspeita de dois detentos também está sob investigação. 
TAGS: porã | pnta | ms | presídio | furto | polícia |
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube: entrevistas com Augusto Coutinho (Solidariedade) e o psicólogo Carol Costa Júnior
Morre Olavo de Carvalho, considerado guru do bolsonarismo
Manhã na Clube: entrevistas com André de Paula (PSD), Eduardo Cavalcanti e Epitacio Rolim
OMS: é possível encerrar fase aguda da pandemia este ano
Grupo Diario de Pernambuco