Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Brasil

PENITENCIÁRIA

Diretores de Bangu 4 são afastados após presos terem 'farra sexual'

Publicado em: 11/01/2022 18:42

 (Foto: Reprodução)
Foto: Reprodução
O diretor e o subdiretor da penitenciária Jonas Lopes de Carvalho, conhecido como Bangu 4, do Complexo Penitenciário de Gericinó, foram afastados pela Vara de Execuções Penais do Rio. A medida ocorreu na última segunda-feira (10), após a comprovação de que pelo menos 12 presos receberam visitas íntimas no dia 23 de dezembro sem terem o benefício autorizado. 

A investigação verificou que, durante as visitas que ocorriam no pátio da penitenciária, presos usavam o banheiro para manter relações sexuais, o que é proibido. Nove dos doze presos foram identificados, todos considerados de alta periculosidade, como ex-chefes de uma das facções criminosas do Rio de Janeiro.

No dia 23, o diretor e o subdiretor tinham determinado que os policiais de plantão fossem realocados em outras unidades, como mostram as gravações recolhidas pela Vara.

De acordo com a Vara de Execução Penal os presos pagaram R mil aos policiais penais para terem as visitas, o que também está em investigação.

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária do Rio de Janeiro (Seap), informou que houve instauração de uma investigação interna sobre o caso e que o diretor e o subdiretor foram exonerados e os nove presos identificados foram transferidos para a penitenciária de segurança máxima Laércio da Costa Pelegrino, Bangu 1.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Bolsonaro cancela visita à Guiana devido à morte de sua mãe
Manhã na Clube: entrevista com Padre Arlindo
Ômicron começa a recuar nos Estados Unidos
Manhã na Clube: entrevista com Paulo Pimentel, advogado tributarista e professor da ITS EDU
Grupo Diario de Pernambuco