Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Brasil

PENITENCIÁRIA

Diretores de Bangu 4 são afastados após presos terem 'farra sexual'

Publicado em: 11/01/2022 18:42

 (Foto: Reprodução)
Foto: Reprodução
O diretor e o subdiretor da penitenciária Jonas Lopes de Carvalho, conhecido como Bangu 4, do Complexo Penitenciário de Gericinó, foram afastados pela Vara de Execuções Penais do Rio. A medida ocorreu na última segunda-feira (10), após a comprovação de que pelo menos 12 presos receberam visitas íntimas no dia 23 de dezembro sem terem o benefício autorizado. 

A investigação verificou que, durante as visitas que ocorriam no pátio da penitenciária, presos usavam o banheiro para manter relações sexuais, o que é proibido. Nove dos doze presos foram identificados, todos considerados de alta periculosidade, como ex-chefes de uma das facções criminosas do Rio de Janeiro.

No dia 23, o diretor e o subdiretor tinham determinado que os policiais de plantão fossem realocados em outras unidades, como mostram as gravações recolhidas pela Vara.

De acordo com a Vara de Execução Penal os presos pagaram R mil aos policiais penais para terem as visitas, o que também está em investigação.

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária do Rio de Janeiro (Seap), informou que houve instauração de uma investigação interna sobre o caso e que o diretor e o subdiretor foram exonerados e os nove presos identificados foram transferidos para a penitenciária de segurança máxima Laércio da Costa Pelegrino, Bangu 1.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube: entrevista com Carlos Veras (PT), deputado federal
China executa maiores exercícios militares em décadas
Papa recebeu como tapas os depoimentos de abusos no Canadá
Defesa de Brittney Griner alega falhas em provas apresentadas pela Rússia
Grupo Diario de Pernambuco