Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Brasil

IMUNIZAÇÃO

Após consulta pública, é a vez de especialistas debaterem a vacinação de crianças

Publicado em: 04/01/2022 18:25

 (crédito: Youtube/ Ministério da Saúde/ reprodução)
crédito: Youtube/ Ministério da Saúde/ reprodução
O debate sobre a vacinação de crianças com idade entre 5 a 11 anos contra a covid-19 segue em pauta. Na manhã desta terça-feira (4/1) o Ministério da Saúde realiza uma audiência pública sobre o tema na sede da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), em Brasília.


Participam do debate representantes da pasta e especialistas de entidades ligadas ao tema. A audiência sobre a inclusão da faixa etária no Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a covid-19 teve início pouco depois das 10 horas e segue em andamento.

Manifestaram-se, até o momento, a secretária de enfrentamento à covid-19, do Ministério da Saúde, Rosana Leite de Melo; a representante da Opas, da Organização Mundial da Saúde (OMS), Socorro Gross;a representante do Laboratório Pfizer, Marjori Dulcine; o secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Arnaldo Medeiros; o representante da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), Marco Aurélio Sáfadi; a representante da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm), Isabela de Assis Martins Ballalai; o representante da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI), José Davi Urbaez Brito; o representante do Conselho Nacional de Justiça, Richard Pae Kim; os representantes da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania, a infectologista Roberta Lacerda , o imunologista Roberto Zeballos e o neurocirurgião Augusto Nasser.

Um dos órgãos responsáveis pela aprovação da vacinação para esta faixa etária, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou ao Ministério da Saúde que não participaria da audiência pública. O órgão havia liberado, em dezembro, o uso da vacina para crianças. Em uma atitude de discordância, o governo federal realizou uma consulta pública e uma audiência para deliberar sobre a vacinação infantil.

Durante a audiência, a pasta disponibilizou um telefone para o envio de questões e contribuições. Para os cidadãos que desejem participar, é possível enviar uma mensagem para o número (61) 993206913.


Na última segunda-feira (03/12), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse que as doses para crianças de 5 a 11 anos devem começar a chegar ao Brasil na segunda quinzena de janeiro. O laboratório Pfizer, fabricante do imunizante, confirmou o prazo previsto pela pasta.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube: entrevista com Padre Arlindo
Ômicron começa a recuar nos Estados Unidos
Manhã na Clube: entrevista com Paulo Pimentel, advogado tributarista e professor da ITS EDU
Segundo a ONU, 2021 foi um dos sete anos mais quentes da História
Grupo Diario de Pernambuco