Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Brasil

PANDEMIA

93% dos municípios apontam aumento de pacientes com sintomas gripais

Publicado em: 14/01/2022 17:12

 (crédito: Robson Valverde / SES-SC)
crédito: Robson Valverde / SES-SC
A 33ª edição da pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Municípios (CNM), divulgada nesta sexta-feira (14), evidenciou o crescimento de casos da Covid-19 e o aumento de pessoas com sintomas gripais. O levantamento foi promovido entre os dias 10 e 13 de janeiro. Dos quase 2 mil municípios que participaram do mapeamento, 93,9% apontaram o crescimento preocupante de atendimentos em hospitais e postos de saúde.

Dos 2 mil municípios, 1.555 (83,1%) confirmaram o aumento nos casos da Covid-19 e mais de 1,1 mil (60%) prefeituras afirmaram que ocorreu o aumento no afastamento de servidores municipais por conta do coronavírus. Além dos casos, a pesquisa também abordou a disponibilização de testes rápidos para a detecção do vírus. Pouco mais de 80% dos gestores (1.499) afirmam ter testes disponíveis; outros 339 (18,1%) sinalizaram a falta da ferramenta.

Lançado em setembro de 2021, o Plano Nacional de Expansão de testagem para Covid-19 prometia enviar testes rápidos para os 5.568 municípios do país. No levantamento, 969 (51,8%) gestores afirmam não ter recebido apoio do governo em relação à testagem por meio do plano; enquanto 759 (40,6%) afirmaram ter tido o suporte.

Sobre o uso de máscaras em ambientes públicos e privados e o passaporte sanitário, 1.828 (97,7%) municípios mantêm a obrigatoriedade e 314 (16,8%) prefeituras publicaram decreto com alguma medida restritiva, respectivamente.

Gripe
 
O levantamento também apresentou informações sobre a gripe H3N2, uma variante do vírus Influenza A. Pelos dados, apenas 529 regiões (28,3%) possuem registros comprovados da gripe. A pouca testagem para esse quadro é um caso de subnotificação na saúde, como tem sido apontado por especialistas da área.

“Para 93,9% dos municípios, o aumento de diagnósticos de estados gripais — podendo ser de Gripe A — é crescente e preocupante. Esse atendimento se registra tanto em Unidades Básicas (menor complexidade) quanto em hospitais (maior complexidade)”, alertou a pesquisa.

Outro ponto verificado na coleta averiguou se os municípios estão abastecidos com medicamentos suficientes para a proliferação desse vírus. Foi constatado que os medicamentos, Oseltamivir e Tamiflu, já chegaram a 1.149 (61,4%) cidades.

A preocupação com o alto índice de pessoas contaminadas é o cruzamento da gripe com a Covid-19 e o aumento da gravidade dos casos, o que pode gerar uma lotação dos serviços básicos e busca por centros maiores para atendimento.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Morre Olavo de Carvalho, considerado guru do bolsonarismo
Manhã na Clube: entrevistas com André de Paula (PSD), Eduardo Cavalcanti e Epitacio Rolim
OMS: é possível encerrar fase aguda da pandemia este ano
Manhã na Clube: entrevistas com Carlos Veras (PT), Frederico Menezes e Marlon Malassa
Grupo Diario de Pernambuco