Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Brasil

CRIME

Pai acusado de estuprar as seis filhas é preso no Acre

Publicado em: 10/11/2021 19:08

Todos abusos sexuais ocorreram quando as vítimas ainda eram menores de idade (Divulgação / Polícia Civil do Acre)
Todos abusos sexuais ocorreram quando as vítimas ainda eram menores de idade (Divulgação / Polícia Civil do Acre)

A Polícia Civil prendeu um homem de 44 anos suspeito de estuprar as seis filhas. O caso ocorreu na última terça-feira (9/11) na zona rural do município de Assis Brasil, no interior do Acre.

 

Quem fez a denúncia foi a filha mais velha, de 27 anos, que foi abusada quando era adolescente. Depois, outra irmã, de 21 anos, criou coragem e contou à polícia que também sofreu abusos do pai.

 

“Foi a filha mais velha quem fez a denúncia e relatou os abusos de quando ela tinha por volta de 13 anos. Após a denúncia, a outra filha também relatou. Esta segunda foi bem mais grave, porque ela foi embora para Rio Branco e ele foi atrás”, contou o delegado Erick Maciel, responsável pelo caso.

 

As outras quatro filhas, todas menores de idade, contaram à polícia que ele também abusava delas, mas que as meninas tinham medo de contar à mãe devido a ameaças do pai. A mãe contou que não sabia dos abusos e que o marido esperava ela sair de casa para cometer os atos.

 

Após ser interrogado, o homem foi encaminhado ao presídio Francisco de Oliveira Conde, em Rio Branco, onde aguardará julgamento. 

 

A mãe e as quatro filhas mais novas estão sendo acompanhadas por psicólogos e assistentes sociais.

 

  

TAGS: filhas | seis | preso | pai | estupro | acre |
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Bruno Becker, da chapa Náutico Sustentável, divulga projetos para o Timbu
Unicap continua com as inscrições abertas para Vestibular 2022
Manhã na Clube: entrevista com o deputado estadual Romero Sales Filho (PTB)
Variante ômicron representa risco elevado para o planeta
Grupo Diario de Pernambuco