Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Brasil

FEMINICÍDIO

No Paraná, homem teria matado ex para que atual não descobrisse gravidez

Publicado em: 18/11/2021 16:32

 (crédito: Reprodução)
crédito: Reprodução
O corpo da jovem Larin Kathleen Oliveira da Silva, de 22 anos, foi encontrado morta a cerca de 400 km de Curitiba, Paraná, na zona rural de Bandeirantes. Ela estava grávida de quatro meses, desaparecida desde a última sexta-feira (12). O principal suspeito do crime é o ex-namorado, que está foragido.

De acordo com a Polícia Civil do Paraná, o suspeito é Fernando Amaro de Oliveira. O delegado responsável pelo caso disse que, de acordo com a investigação, Larin teria engravidado em um encontro casual com Fernando, que já estava em outro relacionamento. Após ser comunicado da gravidez, Fernando queria o aborto.

Larin desapareceu na sexta-feira, por volta das 19h. A polícia não descarta a possibilidade de Fernando ter contato com a ajuda de outra pessoa. A atual namorada de Fernando nega qualquer envolvimento.

A investigação também aponta que horas após o desaparecimento da vítima, Fernando estaria em uma festa com a atual namorada, durante a madrugada do sábado (13). Como o corpo da jovem foi encontrado em estado avançado de decomposição, a polícia acredita que ela já estivesse morta no momento em que o ex-namorado estava na festa.

O caso é investigado como feminicídio e a polícia já emitiu um mandado de prisão preventiva contra Fernando. 
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube: entrevistas com Teresa Leitão (PT/PE), Almir Mattias e Renata Berenguer
Laboratório anuncia teste para diferenciar o coronavírus da gripe A e B
Manhã na Clube: entrevistas com Alberto Feitosa (PSC), Márcia Horowitz e Andreia Rodrigues
Justiça por Beatriz: pais organizam peregrinação de 720 km para cobrar solução de assassinato
Grupo Diario de Pernambuco