Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Brasil

TRAGÉDIA

Começa perícia no bimotor que caiu com Marília Mendonça

Publicado em: 10/11/2021 09:35

 (Foto: Fervel Auto Socorro/Divulgação)
Foto: Fervel Auto Socorro/Divulgação
Os motores do bimotor que caiu em Caratinga (MG), no último dia 5, causando a morte de cinco pessoas — entre elas a da cantora sertaneja Marília Mendonça —, serão analisados em uma empresa especializada de Sorocaba (SP). Já a fuselagem do aparelho seguiu para o Rio de Janeiro. Ambas as análises fazem parte da perícia que o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) realiza nos destroços para identificar as causas do acidente.

Conforme a Polícia Civil de Caratinga, que também investiga o acidente, um dos motores caiu em uma área de mata, provavelmente após se chocar com cabos de sustentação não sinalizados de uma linha de transmissão de energia da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig).

Essa hipótese vem sendo considerada a provável causa da tragédia, pois um pedaço de cabo estava enrolado na hélice do avião. O outro propulsor estava submerso nas águas da cachoeira existente no local da queda. Os equipamentos foram recuperados por uma empresa de guincho contratada pela PEC Táxi Aéreo, proprietária do avião.

A perícia deve apontar se os equipamentos já apresentavam algum problema antes do choque com a linha de transmissão. Os motores devem chegar hoje a Sorocaba e serão levados para a Pratt & Whitney Canadá do Brasil, fabricante do motor, que fará a análise.

Também é esperada para logo mais a chegada dos restos do aparelho à Base Aérea do Galeão, na Ilha do Governador, no Rio de Janeiro. Ali, o Cenipa também analisará o estado da fuselagem do bimotor e buscará eventuais problemas que possam ter causado o acidente. O avião, por ser considerado de pequeno porte, não tem caixa preta.

Inquérito
O delegado regional de Polícia Civil de Caratinga, Ivan Lopes Sales, disse que o inquérito policial que investiga as responsabilidades criminais acerca da queda do avião da empresa PEC Táxi Aéreo está sendo conduzido de forma criteriosa, com base em provas técnicas.

Segundo ele, é natural que a opinião pública e imprensa estejam ansiosos em saber o resultado das investigações. O delegado garantiu que a Polícia Civil concluirá as investigações no menor tempo possível, "porém sem atropelar os trâmites essenciais para uma investigação eficiente".

Sem revelar detalhes, ele disse que, na última segunda-feira, ouviu o dono da PEC Táxi Aéreo. E tomou depoimentos, também, de testemunhas do acidente — pessoas que afirmam terem visto os últimos momentos da aeronave no céu, voando baixo, próximo ao local da queda.

O delegado disse, ainda, que deliberou, junto com os oficiais do Cenipa, que caso os peritos da Polícia Civil de Minas Gerais tenham de realizar perícia na aeronave eles terão acesso ao hangar onde estarão os destroços. Foram os investigadores mineiros que encontraram um cabo preso às hélices do bimotor.

Substituição
A dupla Maiara e Maraísa se apresentará no lugar de Marília Mendonça, na noite do próximo domingo, em Lorena (SP). As irmãs foram convidadas para homenagear a Rainha da Sofrência, com a qual mantinham o projeto Patroas — que deverá continuar em memória de Marília.

"O palco seria dela e continuará sendo. Nós vamos fazer uma grande homenagem para uma das maiores cantoras do Brasil de todos os tempos. Nós fizemos um convite e, carinhosamente, elas aceitaram. Maiara e Maraísa cantam Marília", diz o vídeo publicado pelo CDG Beer Garden, local onde o evento será realizado, no Instagram.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Erupção de vulcão na ilha de Java deixou 34 mortos
Manhã na Clube: entrevistas com Teresa Leitão (PT/PE), Almir Mattias e Renata Berenguer
Laboratório anuncia teste para diferenciar o coronavírus da gripe A e B
Manhã na Clube: entrevistas com Alberto Feitosa (PSC), Márcia Horowitz e Andreia Rodrigues
Grupo Diario de Pernambuco