Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Brasil

BLOGUEIRO

Após confusão em aeroporto, coelho de BH 'cria' perfil no Twitter

Publicado em: 25/11/2021 15:14 | Atualizado em: 25/11/2021 15:19

 (crédito: Reprodução)
crédito: Reprodução
Alfredo, o coelho de Belo Horizonte, criou um perfil no Twitter para mostrar sua viagem à Irlanda. O animal ficou famoso depois de ser impedido de embarcar no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, na última quinta-feira (18).

A confusão se transformou em pancadaria entre seus tutores e funcionários da companhia aérea, KLM, o que gerou uma multa de R$ 30 mil.

Atualmente, o Alfredo "posta" em sua rede social sobre sua nova vida e seus passeios com a família em Limerick, na Irlanda, onde mora. Em sua bio do twitter ele se apresenta "Olá, eu sou o Alfredo, o Coelho do aeroporto. Ainda não sei escrever mas peço sempre para meu papai ou minha mamãe para escreverem aqui para mim," diz para interagir com fãs.  

Em entrevista ao portal G1, donos do coelho Jorge Philipe Guadalupe e Gabriella Cardoso contaram que a ideia de criar a conta surgiu como uma brincadeira, depois da grande repercussão da briga no aeroporto, "O Twitter é o ponto de vista dele, como se ele tivesse narrando as histórias, as aventuras, tá divertido", contou Jorge.

"Ele já se adaptou, parece que já conhece aqui. Ele está vivendo uma aventura, ele quer cheirar cada plantinha, comer, quer passear o tempo todo. Muita novidade, muito cheiro novo. Extremamente adaptado, ele está vivendo uma aventura", disse o administrador.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube: entrevistas com Teresa Leitão (PT/PE), Almir Mattias e Renata Berenguer
Laboratório anuncia teste para diferenciar o coronavírus da gripe A e B
Manhã na Clube: entrevistas com Alberto Feitosa (PSC), Márcia Horowitz e Andreia Rodrigues
Justiça por Beatriz: pais organizam peregrinação de 720 km para cobrar solução de assassinato
Grupo Diario de Pernambuco