Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Brasil

SAÚDE

Profissionais do Samu são treinados para atuar em caso de saúde mental

Publicado em: 02/10/2021 09:36

O treinamento pretende qualificar médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e psicólogos para enfrentarem situações de surtos psicóticos, tentativas de suicídio, crises de ansiedade e abuso de álcool e drogas (Gabriela Sampaio / ASCOM MS)
O treinamento pretende qualificar médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e psicólogos para enfrentarem situações de surtos psicóticos, tentativas de suicídio, crises de ansiedade e abuso de álcool e drogas (Gabriela Sampaio / ASCOM MS)
O Ministério da Saúde iniciou na sexta-feira (1º) um curso de formação para profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) atuarem no atendimento de emergências em saúde mental. O treinamento pretende qualificar médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e psicólogos para enfrentarem situações de surtos psicóticos, tentativas de suicídio, crises de ansiedade e abuso de álcool e drogas. 

Durante o curso, os profissionais também poderão praticar a atuação em casos de agitação psicomotora e de reações a más notícias, como o falecimento de um familiar. O treinamento é feito por meio da simulação das situações de emergência. Cerca de 100 médicos e enfermeiros do Samu de todo o país devem participar do treinamento, que é realizado em Brasília. Após a formação, eles atuarão como multiplicadores em seus estados. 

De acordo com o ministro da Saúde substituto, Rodrigo Cruz,  a Organização Mundial da Saúde (OMS) acompanha com muita preocupação o aumento de casos de pessoas com problemas de saúde mental durante a pandemia de Covid-19. 

"O isolamento, em decorrência da pandemia, acabou fazendo pessoas perderem seus empregos e passarem por dificuldades econômicas. Então, era esperado que houvesse um aumento em casos de crises de saúde mental. Por isso, o curso se faz extremamente importante", disse Cruz. 

De acordo com o Samu do Distrito Federal, cerca de 20% dos atendimentos realizados estão relacionados a casos de saúde mental. 
TAGS: mental | saúde | samu |
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Baixas na equipe de Guedes
Trump anuncia planos para lançar nova rede social
Manhã na Clube: entrevistas com Teresa Leitão (PT), Fernandes Arteiro e José Teles
CPI da Pandemia recomenda indiciamento de Bolsonaro
Grupo Diario de Pernambuco