Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Brasil

CPI DA COVID

Omar Aziz: 'Relatório vai ser uma festa, mas bolsonaristas não vão comemorar'

Publicado em: 30/09/2021 12:38

 (Foto:  Edilson Rodrigues/Agência Senado)
Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado
“O relatório vai ser uma festa, mas não vai ser uma festa como vocês querem, não”, prometeu o presidente da Comissão Parlamentar de inquérito (CPI) da Covid-19, Omar Aziz (PSD-AM), no início da sessão desta quinta-feira (30/9), ao comentar o depoimento do dono da Havan, Luciano Hang, ontem: “Foi uma festa”. Ele garantiu que o relatório ‘também vai ser uma festa, mas que os bolsonaristas não vão comemorar’. O relatório final da CPI está previsto para ser lido em meados de outubro. Hoje é ouvido o empresário bolsonarista Otávio Oscar Fakhoury.

Segundo o senador, a programação da semana que vem inclui: terça-feira (5/10), depoimento de alguém da empresa VTCLog; quarta-feira (6), um dos médico da Prevent Senior; e, na quinta-feira (7), a Agência Nacional da Saúde (ANS), para esclarecer sobre a fiscalização de hospitais na pandemia e também a respeito das denúncias feitas pelo ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, contra a Prevent.

A VTCLog é responsável por fazer a logística com contratos e transportar insumos para o Ministério da Saúde, e foi apontada pelo relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) com transições suspeitas. A operadora de plano de saúde Prevent Senior, que supostamente enviava kit covid para casa de pacientes, teria realizado estudo, com medicamentos e tratamentos sem eficácia comprovada, sem autorização.

Omar Aziz disse, contudo, que a nova agenda ainda não está definida. Será feita uma reunião no intervalo da sessão desta quinta-feira para oficializar a programação. O relator, Renan Calheiros (MDB-AL), afirmou que o “importante é que, para além dos depoimentos, nós temos um acervo probante de elementos que contém provas, indícios, que permitem sustentar esse depoimento e sobretudo o relatório final”.

Renan opinou sobre escutar mais algum membro da Prevent Senior. Para ele, não é preciso, pois “a CPI já tem um acervo suficiente para indiciar os responsáveis”. No entanto, afirmou que “acompanha a maioria” na comissão e que, se quiserem convocar, irá fazer sua parte em interrogar.

Sobre o relatório final, o parlamentar reafirmou que já está pronto, mas lembrou que a responsabilidade de marcar a data para a leitura é do presidente da comissão, Omar Aziz. “Essa tarefa é do presidente e do vice-presidente (Randolfe Rodrigues, da Rede-AP), e que marcarão na sequência a data da leitura do relatório”. 

“Vamos fazer a cerimônia de encerramento dos trabalhos da comissão de inquérito em homenagem à memória das vítimas e, a partir daí, começa a tramitação. Até lá, vou continuar fazendo debate com juristas, ouvindo todo mundo, depois vou ouvir detalhadamente cada um membro da comissão, de modo a minimizar qualquer discrepância que por ventura houver”, declarou Renan Calheiros. A previsão é de que o relator faça a leitura no dia 19 de outubro; e a votação, no dia 20.
TAGS: cpi | omaraziz | cpi | bolsonaristas |
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Destaque do Náutico, meia Jean Carlos completa 100 jogos com a camisa alvirrubra
Baixas na equipe de Guedes
Trump anuncia planos para lançar nova rede social
Manhã na Clube: entrevistas com Teresa Leitão (PT), Fernandes Arteiro e José Teles
Grupo Diario de Pernambuco