Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Brasil

CRIME

No Ceará, mulher é presa por mandar matar namorado após descobrir trisal incestuoso

Publicado em: 28/09/2021 14:57 | Atualizado em: 28/09/2021 15:16

 (crédito: TV Verdes Mares/Reprodução)
crédito: TV Verdes Mares/Reprodução
Uma mulher foi presa em em Canindé, no interior do Ceará, suspeita de pagar para alguém matar o companheiro após descobrir que ele mantinha um relacionamento com a própria filha e uma terceira pessoa. Segundo informações do G1, a prisão ocorreu nesta segunda-feira (27) e após descoberta do trisal incestuoso, a mulher efetuou pagamento de R$ 3 mil a duas pessoas para que o companheiro e a filha fossem mortos.

De acordo com Daniel Aragão, delegado responsável pelo caso, a mulher, Maria Aparecida Barroso, de 36 anos, namorava Jaelson Oliveira, de 39. O homem mantinha um segundo relacionamento, envolvendo a própria filha e o genro dele, os dois menores de idade. Pai e filha foram baleados e seguem hospitalizados.

Ainda segundo o site, a Polícia Civil informou que algumas horas depois do crime, a Polícia Militar apreendeu um homem e um adolescente de 17 anos, ambos suspeitos de participar da tentativa de homicídio. Durante investigação foi apreendido um revólver, que teria supostamente sido utilizado no crime.

O delegado afirmou que o namorado da jovem descobriu o relacionamento dela e do pai e decidiu fazer parte. Algum tempo depois o jovem contou o caso para Maria, namorada do então sogro. Durante depoimento, Maria afirmou que depois de descobrir sobre os três tentou separação, mas recebia ameaças de Jaelson.

Após essa situação, Maria ofereceu o dinheiro para que o jovem contratasse os executores do crime, que ocorreu em junho deste ano. As vítimas foram baleados na porta de casa e foram socorridos na região. A delegacia segue aguardando Jaelson receber alta para ouvir o depoimento. Caso o relacionamento dele com a filha seja comprovado, o homem poderá responder por estupro de vulnerável.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube: entrevistas com Sileno Guedes e com a nutricionista Joyce Alencastro
CPI da Pandemia chega ao final com homenagens às vítimas da Covid
Manhã na Clube: ex-ministro Roberto Freire, dr. Cláudio Falcão e o advogado Pedro Avelino
Chama dos Jogos de Inverno é acesa
Grupo Diario de Pernambuco