Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Brasil

VACINAÇÃO

Covid-19: SP divulga calendário para terceira dose da vacina em idosos

Publicado em: 01/09/2021 15:24

 (Fabio Rodrigues Pozzebom/AB)
Fabio Rodrigues Pozzebom/AB
O governo de São Paulo divulgou hoje (1º ) o calendário para a aplicação da terceira dose da vacina contra a Covid-19 para idosos com idade acima de 60 anos e também para imunossuprimidos. Ao todo, o governo estima que os dois públicos somem cerca de 7,2 milhões de pessoas.

As doses serão aplicadas nos idosos que já completaram o seu esquema vacinal há pelo menos seis meses ou nos imunossuprimidos que tomaram a segunda dose ou dose única há pelo menos 28 dias. São considerados imunossuprimidos os transplantados, pacientes em hemodiálise, quimioterapia, Aids, entre outras pessoas em alto grau de imunossupressão.

O calendário da terceira dose vai começar na próxima segunda-feira (6), com os idosos acima de 90 anos. Já os idosos entre 85 e 89 anos começam a ser vacinados no dia 13 de setembro.

Quem tem entre 80 e 84 anos será vacinado com a terceira dose a partir do dia 20 de setembro. Nesse mesmo dia começa a vacinação de pessoas imunossuprimidas acima de 18 anos.

No dia 27 de setembro terá início a aplicação da terceira dose para pessoas entre 70 e 79 anos e os que têm entre 60 e 69 anos serão vacinados a partir do dia 4 de outubro.

CoronaVac
 
Diferente do que já foi anunciado pelo governo federal, a aplicação da terceira dose no estado de São Paulo vai incluir a população entre 60 e 69 anos. Além disso, a vacinação no estado paulista pretende utilizar todos os imunizantes que estão sendo aplicados no Brasil, inclusive a CoronaVac, vacina produzida pelo Instituto Butantan em parceria com o laboratório chinês Sinovac, e que foi vetado pelo governo federal para a dose adicional.

A terceira dose de vacina para idosos tem sido recomendada por especialistas porque foi observada uma queda na proteção entre esse público. Ela também é necessária por causa da variante Delta, que surgiu inicialmente na Índia, e vem provocando aumento de casos de covid-19 em todo o mundo.

Até este momento, 37,87% de toda a população do estado de São Paulo completou o seu esquema vacinal, tomando as duas doses dos imunizantes CoronaVac/Butantan/Sinovac, Pfizer/BioNTech ou AstraZeneca/Oxford/Fiocruz ou a dose única da vacina da Janssen.

Adolescentes
 
O estado de São Paulo está na etapa de vacinação de jovens sem comorbidades com idades entre 15 e 17 anos e vai iniciar a vacinação da faixa etária entre 12 e 15 anos na próxima segunda-feira (6).
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
As mães em plena pandemia: casal paulista adota cinco irmãos de Serra Talhada
Bolsonaro aumenta IOF para custear novo Bolsa Família
Surto de Covid-19 obriga Presidente da Rússia a ficar em isolamento
Manhã na Clube: entrevistas com o deputado Eduardo da Fonte (PP), Elias Paim e Diego Martins
Grupo Diario de Pernambuco