Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Brasil

ATROPELAMENTO

Homem que atropelou servidora no Lago Sul ficará preso na Papuda

Publicado em: 26/08/2021 11:44

 (Foto: Material cedido ao Correio)
Foto: Material cedido ao Correio
A Justiça converteu em preventiva a prisão em flagrante do homem que atropelou a servidora Tatiana Thelecildes Fernandes Machado Matsunaga, 40 anos. A decisão foi dada durante audiência de custódia realizada na manhã desta quinta-feira (26/8). Paulo Ricardo Moraes Milhomem, 37, responde por tentativa de homicídio.

Tatiana permanece internada na unidade de terapia intensiva (UTI). Nessa quarta-feira (25/8), ela passou por cirurgias no tornozelo, no secro (osso abaixo da coluna) e na cabeça, mas o quadro clínico ainda é delicado. A mulher foi atropelada após uma briga de trânsito que começou na altura da QI 15 do Lago Sul e terminou em tragédia, em frente à casa da vítima. O advogado Paulo Ricardo Moraes Milhomem foi preso em flagrante pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF).

O caso
Por volta das 9h, Tatiana saiu de casa para buscar o filho mais cedo na escola, pois a criança, 8 anos, não passava bem. A caminho de casa, a mulher teria sido “fechada” por um motorista que dirigia um Idea prata. Os dois, então, iniciaram uma discussão. Na delegacia, Paulo contou que a vítima o teria  xingado e feito gestos obscenos. “Após a briga, ela foi para a casa e ele a seguiu por quase 2km. Em frente à residência, os dois voltaram a se desentender”, detalhou o delegado-adjunto da 10ª Delegacia de Polícia (Lago Sul), Renato Fayão.

Imagens do circuito interno de segurança registraram o momento exato em que Tatiana está dentro do carro, em frente de casa. Paulo dirige até o fim da rua e retorna. Poucos segundos depois, assustado com o barulho das discussões, o marido da servidora sai de dentro da residência para ver o que está acontecendo. “Na hora em que a câmera não consegue filmar, é o momento que ela desce do veículo e vai em direção ao Idea. Depois, retorna ao carro para buscar o celular na intenção de filmar”, afirmou o delegado. Enquanto a mulher está no meio da rua, Paulo acelera o carro e passa por cima de Tatiana e foge em seguida.

Paulo se apresentou à 10ª DP pouco tempo depois na companhia de um advogado. Ainda abalado, em depoimento, o marido da servidora contou que estava em casa quando ouviu um barulho estranho na área externa e saiu para ver. Alegou, ainda, que em nenhum momento ameaçou ou injuriou Paulo. No local do crime, as marcas de sangue evidenciam a tragédia.

Defesa
O advogado de Paulo, Leonardo de Carvalho, afirmou que vai recorrer da decisão da Justiça. Em entrevista concedida ao Correio nesta quarta-feira (26/8), o advogado contou outra versão da história. Segundo ele, o autor acabara de passar por um exame em um hospital e, no caminho de casa, teria sido “fechado” por Tatiana. “Ele ultrapassou o veículo dela, mas ela continuou fazendo manobras agressivas, buzinou e reproduziu gestos obscenos”, disse.

Após os fatos, o advogado conta que Paulo decidiu tirar satisfações com a servidora. “Ele entrou em uma rua e conversou com ela, perguntando o motivo dela estar agindo daquela forma e pedindo desculpas. Depois, ele foi até o final da rua e, quando voltou, foi surpreendido pelo carro dela bloqueando a via intencionalmente”, defendeu Leonardo.

De acordo com a defesa, no momento em que o marido de Tatiana saiu de casa, Paulo teria “se sentido ameaçado”. “Ele viu que ela deu um passo para o lado, então ele viu uma forma de sair dali. Ele só fugiu porque o marido correu e ele sentiu medo”, diz o advogado. Leonardo acredita que Paulo responderá o processo em liberdade. “Nunca houve a intenção de machucar a mulher. Ele ficou com medo da reação do marido, não sabia se estava armado ou algo do tipo”, finalizou.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Após erupção do vulcão Cumbre Vieja, especialistas temem gases tóxicos
Manhã na Clube: Lucas Ramos (Sec. de Ciência e Inovação de Pernambuco) e dr. Catarina Ventura
Na ONU, Bolsonaro diz ser contra passaporte sanitário
Manhã na Clube: Augusto Coutinho, Laurice Siqueira, Frederico Preuss Duarte e Kaio Maniçoba
Grupo Diario de Pernambuco