Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Brasil

PANDEMIA

Queiroga fala em evitar transmissão comunitária da variante Delta, mas cepa já circula em estados

Publicado em: 21/07/2021 17:59

 (Em coletiva de imprensa, o ministro da Saúde voltou a defender o retorno às aulas presenciais e às atividades econômicas. Foto: Walterson Rosa/MS)
Em coletiva de imprensa, o ministro da Saúde voltou a defender o retorno às aulas presenciais e às atividades econômicas. Foto: Walterson Rosa/MS
A variante Delta do novo coronavírus já circula em alguns estados brasileiros, que confirmaram transmissão comunitária — quando não é possível rastrear a origem dos casos. É o caso de São Paulo e do Rio de Janeiro, que reúnem a maioria dos casos da nova cepa. Mesmo diante deste cenário, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, falou nesta quarta-feira (21) em medidas "para evitar que haja transmissão comunitária da variante Delta no país" e defendeu o retorno às aulas presenciais e atividades econômicas. 

Segundo o ministro as variantes do vírus tem atenção da pasta, que já contabilizava 122 casos da Delta em nove estados até esta terça-feira (20). Nesta quarta (21), o Distrito Federal entrou para a lista ao confirmar seis casos da nova cepa.

"A variante Delta está aí, e nós já temos uma centena de casos identificados. Nós precisamos conhecer bem qual o perfil desses indivíduos, qual percentual deles já estava vacinado com as duas doses da vacina e com uma dose da vacina, onde estão localizados, o isolamento dessas pessoas, para evitar que haja transmissão comunitária da variante Delta", disse Queiroga, em coletiva de imprensa. 

No entanto, a preocupação do ministro é vista como atrasada já que a variante Delta já possui transmissão comunitária em alguns estados, como Rio de Janeiro e São Paulo. Mesmo diante desse cenário, Queiroga voltou a defender o retorno às aulas presenciais. "Nós temos que trabalhar para voltar às aulas no Brasil e, para isso, protocolos têm que ser seguidos, e temos que vacinar a população brasileira. Isso que a gente tem feito", pontuou. 

O gestor da pasta da Saúde ainda comentou sobre o retorno do público nos jogos de futebol, como acontecerá no DF nesta quarta (21) com o jogo da Libertadores entre Flamengo x Defensa y Justicia. 

"É necessário que já consigamos promover um retorno às atividades econômicas do Brasil. Temos uma capacidade de leitos disponíveis nos hospitais e vamos conviver com essa situação pandêmica até que consigamos controlá-la de uma maneira definitiva", indicou. 
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube: entrevistas com Chico Kiko, Diego Pascaretta e Rômulo Saraiva
Domitila, artivista e recifense que está entre as selecionadas do Miss Alemanha 2021
Terceira dose de vacina anticovid começa a ser aplicada em Israel para aumentar imunidade
Manhã na Clube: entrevistas com coronel Luiz Meira (PTB), Regina Sales e Maria Dulce
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco