Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Brasil

PANDEMIA

Butantan deve receber 24 mil litros de IFA da CoronaVac entre julho e agosto

Publicado em: 23/06/2021 17:25

 (Próxima remessa de insumos necessários para a produção do imunizante, que segue parada desde a última sexta-feira (18), deve chegar ao Brasil neste sábado (26). Foto: Governo do estado de São Paulo/Divulgação)
Próxima remessa de insumos necessários para a produção do imunizante, que segue parada desde a última sexta-feira (18), deve chegar ao Brasil neste sábado (26). Foto: Governo do estado de São Paulo/Divulgação
A fim de acelerar a produção da CoronaVac no Brasil e adiantar a entrega da vacina contra a Covid-19 ao Ministério da Saúde, o Instituto Butantan espera receber nos próximos dois meses, entre julho e agosto, mais 24 mil litros do Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA). A informação foi dada nesta quarta-feira (23) pelo diretor do Butantan, Dimas Covas, durante coletiva de imprensa.

"É possível que possamos receber 12 mil litros em julho e 12 mil litros em agosto. Com isso, nós recuperaremos o cronograma de adiantamento de entregas e poderemos finalizar o contrato com o Ministério da Saúde ainda em agosto", afirmou Covas, que lembrou que a data limite para a entrega das 100 milhões de doses contratadas pelo governo federal é setembro.

O diretor também confirmou a perspectiva de recebimento de um novo lote de IFA para este sábado (26), como já havia sido informado na semana passada em coletiva. Desde a última sexta (18), a produção da CoronaVac está paralisada, já que o Butantan não recebeu mais insumos desde maio.

A remessa de 6 mil litros de IFA, correspondentes a 10 milhões de doses da vacina, foi liberada pela Sinovac, empresa chinesa desenvolvedora do imunizante. "A autorização já foi emitida pelo governo da China. O embarque já está preparado. Estamos apenas aguardando autorização para que o voo fretado que está em Bruxelas, na Bélgica, possa seguir até Pequim para o embarque de 6 mil litros de IFA", declarou o governador de São Paulo, João Doria.

A partir desses insumos, o Butantan produzirá novas doses da CoronaVac, e a próxima entrega ao Ministério da Saúde está prevista para acontecer em 15 de julho. Isso porque normalmente, o Butantan precisa de cerca de 20 dias para produzir a CoronaVac a partir da chegada dos insumos, passando pelos processos de envasamento, rotulação e checagem dos lotes.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Apesar dos protestos, começa a Olimpíada de Tóquio
Manhã na Clube: entrevista com o Presidente da Alepe, deputado Eriberto Medeiros (PP)
Em busca por vestígios de vida em Marte
Manhã na Clube: entrevista com Carlos Mariz (Associação Brasileira de Energia Nuclear)
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco