Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Brasil

PANDEMIA

Brasil chega a 470 mil mortes por Covid-19, informa o Conass

Publicado em: 04/06/2021 19:37

 (Foto: Altemar Alcantara/Semcom
)
Foto: Altemar Alcantara/Semcom
Após contabilizar 1.454 óbitos por Covid-19 nas últimas 24 horas, o Brasil chegou à marca de 470.842 mortos pela doença. Os dados são do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass). Em número total de casos fatais, o Brasil só está atrás dos EUA, onde já morreram mais de 600 mil pessoas em decorrência do vírus.

A iminência de uma terceira onda de Covid-19 tem preocupado especialistas, especialmente com a confirmação da chegada da variante do vírus proveniente da Índia. Na última quarta-feira, um paciente no Rio Grande do Norte, suspeito de ter contraído a cepa indiana, morreu. Já há casos confirmados e outros suspeitos em vários locais do país.

Mesmo que o número de mortes diárias no Brasil esteja abaixo do recorde da pandemia no país, quando morreram 4,2 mil brasileiros em um único dia, o número de casos tem se mantido alto. No último período, foram registrados 37.936 casos, totalizando 16,8 milhões de infectados desde o início da pandemia. Na semana, já foram contabilizados 424,1 mil casos.

São Paulo é o estado com maior número de casos e óbitos, com 3,3 milhões de infectados e 113.474 mortes. Em seguida, está Minas Gerais, com 1,6 milhão de casos e 41,4 mil mortes. Logo atrás está o Paraná, que confirmou 1,1 milhão de infecções e 26,9 mil mortes. O Distrito Federal, que é uma das unidades federativas com menor número de habitantes, aparece na 14ª colocação, com 409,1 mil infectados.

Já entre os estados com menor número de casos, quem lidera é o Acre, com 83,1 mil contabilizados. Em seguida estão Roraima, com 104,5 mil; Amapá, com 112,7 mil; e Tocantins, 181,4 mil.

Enquanto isso, o número total de doses de vacinas aplicadas no Brasil já passa de 70 milhões. Segundo o Ministério da Saúde, pelo menos 47,6 milhões de pessoas tomaram a primeira dose de uma das vacinas; e 22,6 milhões receberam a segunda dose. Atualmente, o país só aplica as vacinas Coronavac, do Instituto Butantan/Sinovac, e a AstraZeneca/Oxford/Fiocruz

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube: entrevistas com Túlio Gadêlha, Beatriz Paulinelli e Guilherme Maia
Advogado de enfermeira afirma que Maradona foi morto
Manhã na Clube: entrevistas com Décio Padilha, Adriana Barros e Roseana Diniz
Para evitar contaminação por Covid, robôs oferecem água benta em Meca
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco