Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Brasil

VIOLÊNCIA

Adolescente é esfaqueada por menina de 14 anos em Minas Gerais

Publicado em: 07/06/2021 15:58

Segundo a polícia, duas mulheres teriam segurado a vítima para que a mais nova desse quatro facadas nela. A jovem foi hospitalizada
 (crédito: Reprodução da internet/Google Maps)
Segundo a polícia, duas mulheres teriam segurado a vítima para que a mais nova desse quatro facadas nela. A jovem foi hospitalizada (crédito: Reprodução da internet/Google Maps)
Duas mulheres de 22 e 48 anos e uma adolescente de 14 foram detidas por tentativa de homicídio contra outra menor, de 16, na tarde desse domingo (6) em Esmeraldas, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Segundo a PM, as mulheres seguraram a vítima para que ela fosse esfaqueada pela adolescente apreendida.

O crime ocorreu no centro de Esmeraldas, durante uma partida de futebol em um campo do município. Havia aglomeração, contrariando as medidas sanitárias contra a Covid-19.

Chegando ao local, eles encontraram a adolescente ferida e a levaram na própria viatura ao Hospital Municipal 25 de Maio. O médico constatou que ela havia levado quatro facadas na região das costas. Em condição estável, ela seria transferida ao Hospital Regional de Betim.

Enquanto a vítima era socorrida, outros militares tentavam localizar os responsáveis pelo ataque. Inicialmente, ninguém que estava lá quis passar informações com medo de represálias. No entanto, uma testemunha acabou passando os nomes das mulheres.

As duas mais velhas foram encontradas sentadas em um portão próximo ao local do crime. Questionadas pela polícia, eles disseram que a vítima havia feito provocações contra elas, desejando mal a uma criança ainda em gestação.

A adolescente de 14 anos também foi encontrada algum tempo depois. Ela disse ter jogado a faca fora. Ainda de acordo com a PM, ela estava muito nervosa e eufórica pela gravidade do que havia ocorrido e precisou ser algemada. Depois que se acalmou, eles tiraram a imobilização.

As três foram levadas para a Delegacia de Plantão de Ribeirão das Neves na companhia de um advogado.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Time de engenheiros se une para montar respiradores 15 vezes mais baratos e salvar milhares de vidas
Manhã na Clube: entrevistas com Marília Arraes, Marcella Salazar e Aurimar Borges Jr
Presidente da Argentina faz ataques xenofóbicos ao Brasil
Manhã na Clube: entrevistas com Tadeu Alencar e Túlio Rangel
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco