Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Brasil

IMUNIDADE

Segundo caso no Brasil: bebê nasce com anticorpos após mãe pegar Covid-19

Publicado em: 22/05/2021 12:40

Antonella Ramirez já possui anticorpos contra a Covid-19 (Reprodução/Arquivo Pessoal)
Antonella Ramirez já possui anticorpos contra a Covid-19 (Reprodução/Arquivo Pessoal)

Com menos de um mês de vida, Antonella Ramirez já possui anticorpos contra a Covid-19. O caso da pequena, nascida no dia 22 de abril deste ano, é o segundo relato de brasileiros que vieram ao mundo protegidos da doença.

Quando ainda estava no oitavo mês de gestação, a mãe de Antonella recebeu um resultado negativo para detecção do novo coronavírus. No entanto, quando Joicilene de Souza Ramirez decidiu fazer exames após o nascimento da filha, um deles gerou surpresa, porque apontou a presença de anticorpos.

 

A equipe de médicos aconselhou a empresária a fazer o mesmo teste na filha e foi dessa forma que a família descobriu. Em entrevista a uma emissora local de televisão, o pai da bebê Maicon Silva Jucá, disse que a esposa não apresentou nenhum sintoma.

 

"Ficamos muito emocionados de saber que a neném já tem, é até uma forma de alívio e esperança para as mães grávidas que, caso contraiam o vírus, possam passar os anticorpos para o bebê", conta o pai.

 

O infectologista Hemerson Luz explica que a passagem de anticorpos via placenta é uma ocorrência prevista em doenças infecciosas. "Apesar disso, não sabemos se esses anticorpos são neutralizantes ou durante quanto tempo essa imunidade irá durar. Certamente, o desenvolvimento do bebê será acompanhado", alertou.

Primeiro relato no país

Nesta semana, também veio a público o caso de Enrico, nascido no dia 9 de abril, em Santa Catarina. Em amostras de sangue coletadas, descobriu-se que o bebê já estava imune ao Covid-19. A mãe Talita Mengali Izidoro, que é médica e atuava em um posto de saúde na cidade de Tubarão, no Sul de Santa Catarina, havia sido vacinada com duas doses da CoronaVac quando estava com 34 semanas de idade gestacional. 

TAGS: brasil | imunidade | bebê | covid |
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Time de engenheiros se une para montar respiradores 15 vezes mais baratos e salvar milhares de vidas
Manhã na Clube: entrevistas com Marília Arraes, Marcella Salazar e Aurimar Borges Jr
Presidente da Argentina faz ataques xenofóbicos ao Brasil
Manhã na Clube: entrevistas com Tadeu Alencar e Túlio Rangel
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco