Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Brasil

OPERAÇÃO POLICIAL

Polícia coloca sigilo de 5 anos em documentos da operação no Jacarezinho

Publicado em: 25/05/2021 14:08

 (A operação policial mais letal da história do Rio de Janeiro aconteceu mesmo com ordem do STF de restrição às operações em favelas durante a pandemia. Foto: Mauro Pimentel/AFP)
A operação policial mais letal da história do Rio de Janeiro aconteceu mesmo com ordem do STF de restrição às operações em favelas durante a pandemia. Foto: Mauro Pimentel/AFP
Estão sob sigilo as informações sobre todas as operações da Polícia Civil do Rio de Janeiro (PCRJ), incluindo a realizada na Favela do Jacarezinho, em 6 de maio de 2021. A decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) é de que os acessos às informações sobre essas operações policiais fiquem restritas pelo prazo de cinco anos.

A operação mais letal da história do estado do Rio deixou 28 mortos, além de diversos feridos. Imagens do dia da ação policial circularam na internet e mostram moradores limpando sangue dos baleados dentro das casas, nas calçadas e na rua.

A Secretaria de Estado de Polícia Civil respondeu, em nota, ao Correio sobre a decisão do STF. "Falar em violação aos Direitos Humanos antes da conclusão das investigações é precipitado e busca politizar a discussão. Os órgãos responsáveis pela investigação têm amplo acesso a todas as informações, sem qualquer sigilo, garantindo a transparência e eficácia da investigação", informou.

Na semana passada, o relator do caso, o ministro Edson Fachin, votou a favor da apuração do suposto descumprimento das restrições de operações policiais nas favelas durante a pandemia.

O julgamento da Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 635, a "ADPF das Favelas", que teria o fim no dia 28 deste mês, foi adiada a pedido do ministro Alexandre de Moraes, para ter mais tempo para analisar o caso.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
ONU pede medidas para frear abusos sexuais nas instituições católicas
Manhã na Clube: entrevistas com Frederico França, Johann Wolfgang Schneider e Marcelle Penha
Diabetes: saiba como evitar e controlar antes que seja tarde
Manhã na Clube: entrevistas com Túlio Gadêlha, Beatriz Paulinelli e Guilherme Maia
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco