Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Brasil

VIOLÊNCIA

Mulher é salva de estupro de chefe após pedir ajuda em bilhete em lanche de delivery

Publicado em: 31/05/2021 14:08

Caso ocorreu neste fim de semana em Chapecó, Santa Catarina. Guarda Municipal foi acionada por casal que recebeu a denúncia junto a um lanche por delivery
 (foto: Guarda Municipal de Chapecó/Reprodução
)
Caso ocorreu neste fim de semana em Chapecó, Santa Catarina. Guarda Municipal foi acionada por casal que recebeu a denúncia junto a um lanche por delivery (foto: Guarda Municipal de Chapecó/Reprodução )
Um homem de 48 anos foi pego ao tentar drogar e estuprar uma funcionária de lanchonete, na madrugada deste sábado (29), em Chapecó, Santa Catarina. A jovem, de 19 anos, contou à Guarda Municipal que foi agarrada, mas conseguiu se desvencilhar. Depois, teve a ideia de pedir ajuda por um bilhete enviado junto a uma das refeições que preparou. Segundo nota divulgada pela instituição, os agentes foram abordados pelo casal que recebeu a encomenda.

Ao chegar na lanchonete, os guardas encontraram a vítima sozinha com o acusado. Ambos foram levados para a delegacia para lavrar o boletim de ocorrência. De acordo com o relato da jovem, tudo começou quando o chefe a assediou, passando a mão nas pernas e pescoço dela, e ofereceu cocaína em troca de sexo.

Como a proposta foi negada, o agressor insistiu, oferecendo novamente drogas e, agora, R$ 150. Neste momento, a vítima relatou ainda que foi agarrada e que o agressor tentou levá-la para um quarto, mas ela se desvencilhou. O homem ainda fez uma terceira tentativa e, diante de nova recusa, ofereceu à mulher um copo dizendo ser uma mistura de coca-cola e vinho.

Mas, ainda segundo o relato da jovem, ele despejou ‘um pó branco’ na bebida. Foi quando a vítima teve a ideia de escrever o bilhete e enviar junto com um pedido de comida. “Por favor, chame a polícia neste endereço. Meu chefe está me assediando e está tentando me drogar, sou cozinheira. Não é brincadeira, por favor”, colocou.

Ao atender a ocorrência, a Guarda Municipal apreendeu a droga, bem como a bebida oferecida à jovem. O caso está sendo investigado pela 12ª Delegacia Regional de Polícia Civil em Chapecó. Segundo o delegado, Ricardo Casagrande, o inquérito foi instaurado como tentativa de estupro, mas os detalhes adicionais não podem ser divulgados para não atrapalhar as investigações.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
ONU pede medidas para frear abusos sexuais nas instituições católicas
Manhã na Clube: entrevistas com Frederico França, Johann Wolfgang Schneider e Marcelle Penha
Diabetes: saiba como evitar e controlar antes que seja tarde
Manhã na Clube: entrevistas com Túlio Gadêlha, Beatriz Paulinelli e Guilherme Maia
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco