Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Brasil

FEMINICÍDIO

Corpo encontrado em hotel de São Paulo é de suspeito de matar empresária no Distrito Federal

Publicado em: 24/05/2021 16:47

 (Valdemar Medeiros Sobreira é investigado por matar a namorada, no DF. Corpo da empresária Karla Regina Vieira Pucci Guimarães foi achado na funerária dela e câmeras flagraram suspeito deixando local. Foto: Reprodução/Facebook)
Valdemar Medeiros Sobreira é investigado por matar a namorada, no DF. Corpo da empresária Karla Regina Vieira Pucci Guimarães foi achado na funerária dela e câmeras flagraram suspeito deixando local. Foto: Reprodução/Facebook
O cadáver encontrado em um quarto de hotel no bairro Santa Ifigênia, em São Paulo, é de Valdemar Sobreiro Nogueira, 46 anos, acusado pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) de matar a empresária Karla Pucci, 47, proprietária de uma funerária no Paranoá, a pedradas. O corpo foi localizado pela Polícia Militar do Estado de São Paulo (PMSP), por volta das 11h desta segunda-feira (24).

Os policiais de SP foram acionados para uma ocorrência de localização de cadáver em um apartamento do hotel. Ao chegarem no quarto 20, os militares encontraram um corpo suspenso por um cobertor e sem sinais vitais. A equipe constatou que o rapaz era Valdemar Sobreiro, procurado pela PCDF pelo crime de feminicídio. Segundo informações preliminares, o advogado do suspeito teria ido visitá-lo quando se deparou com o cliente sem vida.

O fato foi registrado na 2ª Delegacia de Polícia de São Paulo como suicídio. O carro usado por Valdemar na fuga estava estacionado em frente ao hotel. O crime aconteceu dentro da funerária onde Karla trabalhava, no sábado (22). Imagens do circuito interno de segurança registraram os últimos momentos de vida da empresária. A filmagem mostra o suspeito e a namorada em um quarto dentro do estabelecimento, às 18h37. Poucos minutos depois, ele sai sem camisa, veste um casaco e, às 18h37, foge em um Honda Civic

As investigações preliminares apontam que Karla e Valdemar namoravam havia seis meses. Os dois dividiam uma casa no condomínio Sobradinho dos Melos, no Paranoá. De acordo com o delegado-chefe da 6ª Delegacia de Polícia (Paranoá), Ricardo Viana, não havia registro de ocorrência por Lei Maria da Penha envolvendo o casal.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Tratamento com remédios anticovid da AstraZeneca não tem resultados positivos
Manhã na Clube: entrevistas com Murilo Hidalgo, Mariana Carvalho e  Elton Gomes
Time de engenheiros se une para montar respiradores 15 vezes mais baratos e salvar milhares de vidas
Manhã na Clube: entrevistas com Marília Arraes, Marcella Salazar e Aurimar Borges Jr
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco