Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Brasil

COMEMORAÇÃO

70 anos da Capes: acervo reúne documentos sobre ex-bolsistas ilustres

Publicado em: 28/05/2021 21:16

 (Foto: Marcelo Casal Jr/Agência Brasil)
Foto: Marcelo Casal Jr/Agência Brasil
A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) comemora 70 anos de fundação em 11 de julho. O arquivo central da fundação documenta a história da instituição desde a criação em 1951. As informações reunidas no acervo permitem um maior conhecimento sobre a ciência e a pós-graduação brasileira por meio de diversos materiais, como o registro de ex-bolsistas da fundação que são destaques internacional.

O antropólogo Darcy Ribeiro (1922 – 1997) foi um dos contemplados com auxílio da Capes. Ele era especializado em questões indígenas da Organização Internacional do Trabalho (OIT). Em 1954, ele recebeu apoio financeiro da fundação, o que viabilizou a participação dele em reunião sobre os problemas sociais de indígenas silvícolas em Genebra (Suíça) e a permanência por mais 30 dias na Europa para visitar museus de etnologia.

A viagem faz parte dos primeiros anos da carreira de Darcy Ribeiro. Depois, o antropólogo fundou a Universidade de Brasília (UnB) e foi o primeiro reitor entre janeiro e setembro de 1962. Ele deixou o cargo na instituição para ser empossado como ministro da educação, atuando até janeiro de 1963. Em 1990, foi eleito senador pelo Rio de Janeiro e exerceu o mandato até sua morte em 1997.

Em 1954, a Capes também financiou a viagem aos Estados Unidos do artista plástico, paisagista e pintor, Roberto Burle Marx, (1909 – 1994). O convite para ir ao país foi do Museu Smithsoniano de Arte Americana. Ao retornarem para o Brasil, Burle Marx e Darcy Ribeiro tiveram que apresentar relatório das atividades desenvolvidas com o financiamento da fundação.

Os jardins planejados por Burle Marx o tornaram mundialmente famoso. O paisagista criou um estilo contemporâneo com o uso da flora nativa brasileira. Entre os seus projetos, estão os jardins do Palácio do Itamaraty e do edifício da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e a Cultura (Unesco). 

Sobre o arquivo da Capes
Ao longo dos anos, o acervo da fundação ocupou vários locais. Atualmente, o arquivo é abrigado em Brasília no Edifício Rádio Center, que fica próximo à sede da Capes. Antes, ele ficava em depósitos do Ministério da Educação (MEC). O primeiro imóvel que o material ocupou era localizado no Rio de Janeiro.

O pedido de acesso ao acervo é pelo e-mail: arquivocentral@capes.gov.br. A equipe da fundação localiza o documento, digitaliza e envia o material solicitado.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
ONU pede medidas para frear abusos sexuais nas instituições católicas
Manhã na Clube: entrevistas com Frederico França, Johann Wolfgang Schneider e Marcelle Penha
Diabetes: saiba como evitar e controlar antes que seja tarde
Manhã na Clube: entrevistas com Túlio Gadêlha, Beatriz Paulinelli e Guilherme Maia
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco