Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Brasil

RIO DE JANEIRO

Polícia faz reconstituição da morte do menino Henry Borel

Publicado em: 01/04/2021 15:00 | Atualizado em: 01/04/2021 15:17

 (Foto: Reprodução)
Foto: Reprodução
A polícia faz, nesta quinta-feira (1°), a reprodução simulada da morte do menino Henry Borel, de 4 anos, morto no dia 8 de março no Rio de Janeiro. A reconstituição estava marcada para começar às 14h. Policiais entraram no prédio onde o garoto morreu por volta deste horário.

De acordo com a mãe do garoto, Monique Medeiros, e o padrasto, o vereador Dr. Jairinho, Henry foi encontrado desacordado no apartamento do casal, na Barra da Tijuca, e levado para o hospital, no qual já chegou sem vida. 

A defesa do casal solicitou que a simulação fosse adiada para depois do dia 12 porque, segundo alegou o advogado, Monique estaria sofrendo de depressão. No entanto, o pedido foi negado. Nesta quinta, o advogado André Barreto esteve na frente do prédio, reafirmou o pedido para que  a reprodução fosse reagendada para segunda-feira e disse que gostaria que ela fosse filmada, mas teve o pedido negado mais uma vez.

Relembre o caso
Henry passou o final de semana que antecedeu sua morte na casa do pai, que o deixou no condomínio da mãe na noite de domingo (7) sem lesões aparentes. Na madrugada do dia 8, Monique e Jairinho levaram o garoto ao hospital, onde ele já chegou sem vida.

O exame de necropsia concluiu que a causa da morte foi "hemorragia interna" e "laceração hepática" (lesão no fígado), produzidas por uma "ação contundente" (violenta). Além disso, ele também tinha diversas lesões e hematomas pelo corpo. 

No hospital, o casal disse que ouviu o grito da criança e entraram no quarto para ver o que tinha acontecido. Chegando lá, teriam visto o menino caído no chão, com os olhos revirados, as mãos e pés gelados e sem respirar.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Vacinas da Johnson & Johnson sob investigação por risco de trombose
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 13/04
De 1 a 5: dicas de decoração para repaginar a casa de forma simples e sem gastar muito
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 12/04
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco