Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Brasil

CULTOS

Nunes Marques libera cultos religiosos enquanto pandemia se alastra pelo país

Publicado em: 03/04/2021 19:16

Decisão polêmica vai permitir cultos e missas no feriado da Páscoa, respeitando 25% da capacidade das igrejas (crédito: Fellipe Sampaio/SCO/STF)
Decisão polêmica vai permitir cultos e missas no feriado da Páscoa, respeitando 25% da capacidade das igrejas (crédito: Fellipe Sampaio/SCO/STF)
O mais novo integrante do Supremo Tribunal Federal (STF), o ministro Kassio Nunes Marques, autorizou cultos e celebrações religiosas em todo o Brasil em meio ao pior momento da pandemia. Indicado pelo presidente Jair Bolsonaro para a vaga do ex-ministro Celso de Mello, que se aposentou em outubro passado, Marques determinou, na decisão publicada neste sábado (3/4), que sejam aplicados protocolos sanitários nos espaços religiosos, limitando a presença em cultos e missas a 25% da capacidade do público. A justificativa foi a celebração da Páscoa, neste domingo, comemorada pelos brasileiros cristãos, que são maioria no Brasil.
 
"Concedo a medida cautelar pleiteada, ad referendum do plenário, para o fim de determinar que: os estados, Distrito Federal e municípios se abstenham de editar ou de exigir o cumprimento de decretos ou atos administrativos locais que proíbam completamente a realização de celebrações religiosas presenciais, por motivos ligados à prevenção da Covid-19", escreveu o ministro.

A decisão do ministro foi tomada em ação movida pela Associação Nacional de Juristas Evangélicos. Uma outra ação parecida estava com o ministro Gilmar Mendes, mas não houve decisão.

"Reconheço que o momento é de cautela, ante o contexto pandêmico que vivenciamos. Ainda assim, e justamente por vivermos em momentos tão difíceis, mais se faz necessário reconhecer a essencialidade da atividade religiosa, responsável, entre outras funções, por conferir acolhimento e conforto espiritual", observou Marques em sua decisão.

"Estamos em plena Semana Santa, a qual, aos cristãos de um modo geral, representa um momento de singular importância para as celebrações de suas crenças - vale ressaltar que, segundo o IBGE, mais de 80% dos brasileiros declaram-se cristãos no Censo de 2010", acrescentou.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 14/04
Vacinas da Johnson & Johnson sob investigação por risco de trombose
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 13/04
De 1 a 5: dicas de decoração para repaginar a casa de forma simples e sem gastar muito
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco