Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Brasil

MINAS GERAIS

Menino de 5 anos preso em árvore em Minas sonha em ser bombeiro

Publicado em: 30/04/2021 16:28 | Atualizado em: 30/04/2021 17:03

 (Garoto foi resgatado por militares após ficar entalado em árvore durante brincadeira em Itajuba, Sul de Minas; Yuri Gabriel tem autismo e sonha em ser bombeiro. Foto: CBMMG/divulgação)
Garoto foi resgatado por militares após ficar entalado em árvore durante brincadeira em Itajuba, Sul de Minas; Yuri Gabriel tem autismo e sonha em ser bombeiro. Foto: CBMMG/divulgação
Um menino de 5 anos precisou ser resgatado pelo Corpo de Bombeiros após ficar entalado em uma árvore. O caso aconteceu durante brincadeira com outras crianças no fim da tarde de quinta-feira (29), em Itajubá, no Sul de Minas. Yuri Gabriel tem autismo e sonha em ser bombeiro.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a mãe do menino de 5 anos ligou na central pedindo apoio para resgatar o filho, que estava entalado em uma árvore. O caso aconteceu durante brincadeira com outras crianças no Bairro Açude, nos fundos da casa da vítima.

Os militares informaram que o menino estava com a perna esquerda entalada entre dois galhos da árvore, com cerca de um metro do solo.

“Ele estava brincando de costume. E eu estava arrumando casa. Ele estava tentando olhar o outro lado da cerca, quando ficou preso na árvore. Mas, como ele é muito arteiro, não passou na minha cabeça que pudesse ser grave. A outra perna dele ficou pendurada, tentei passar óleo para tirar, mas não resolveu. Aí, eu precisei segurar o corpo dele até a chegada dos militares”, explica a mãe do menino, Adriele Bebiano.

De acordo com Adriele, ela descobriu recentemente que Yuri Gabriel tem autismo e ficou surpresa com a reação dele. “Ele até me surpreendeu, porque eu fiquei mais desesperada”, afirma.

O Corpo de Bombeiros conseguiu soltar a criança após expandir os troncos da árvore com uma ferramenta. O menino não teve ferimentos. “Ele está bem e já voltou a fazer arte”, brinca a mãe.

Além disso, o final feliz teve um significado maior para a criança. “Yuri sonha em ser bombeiro e ficou muito feliz com a presença deles em casa, até brincou no carro dos militares”, acrescentou Adriele.

De acordo com Adriele, ela descobriu recentemente que Yuri Gabriel tem autismo e ficou surpresa com a reação dele. “Ele até me surpreendeu, porque eu fiquei mais desesperada”, completa.

O Corpo de Bombeiros conseguiu soltar a criança após expandir os trocos com uma ferramenta. O menino não teve ferimentos. “Ele está bem e já voltou a fazer arte”, afirma mãe.

Além disso, o final feliz teve um significado ainda maior para a criança. “Yuri sonha em ser bombeiro e ficou muito feliz com a presença deles em casa, até brincou no carro dos militares”, diz.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Anvisa recomenda suspender vacinação da AstraZeneca para grávidas
Anticorpos contra Covid-19 permanecem no sangue por pelo menos oito meses
Manhã na Clube - Entrevista com Rodrigo Maia e Gilson Machado Neto
De 1 a 5: dicas para destravar sua criatividade e ampliar a percepção
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco