Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Brasil

RESULTADO

Enem 2020: entenda o cálculo da nota das provas objetivas e da redação

Publicado em: 30/03/2021 16:07

As notas das quatro provas de múltipla escolha levam em conta um modelo matemático que considera a dificuldade das questões a proficiência do inscrito
 (Foto: Reprodução/Correio Braziliense )
As notas das quatro provas de múltipla escolha levam em conta um modelo matemático que considera a dificuldade das questões a proficiência do inscrito (Foto: Reprodução/Correio Braziliense )
O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) liberou a consulta das notas das provas objetivas e da redação da edição de 2020 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Vale ressaltar, no entanto, que o cálculo das provas objetivas não ocorre de forma convencional.

O resultado leva em conta a Teoria de Resposta ao Item (TRI), um modelo matemático que começou a ser adotado em 2009 e que leva em consideração a dificuldade das questões e a coerência do desempenho. Dessa forma, estudantes podem acertar o mesmo número de questões, mas tirarem notas diferentes.

Receberá maior nota o inscrito que acertar as questões de forma mais coerente. É esperado que o inscrito que acertar as questões mais difíceis tenha proficiência para acertar as mais fáceis. Vale lembrar que o fator diminui o peso da questão quando constatar que não há coerência, no entanto, não impactará na nota negativamente e pode ajudar a nota final.

"Se o participante acerta a questão de um nível acima, que utiliza conhecimentos de um nível abaixo, podemos inferir que não existe coerência nas respostas e, dessa forma, os acertos acrescentarão menos na nota do participante", ressalta o texto do Guia do Participante do Enem.


A redação tem correção diferente

O cálculo da nota da redação ocorre com base na avaliação de cinco competências, que podem ir de nota zero a 200, somando um valor que vai de zero a 1.000. Diferentemente da prova objetiva, na redação, a nota final se dará pelo somatório das competências avaliadas.

Cada redação é corrigida por dois corretores independentes e a nota final do participante será a média aritmética das notas totais atribuídas pelos dois corretores. Caso haja discrepância entre dois corretores a redação será corrigida por um terceiro corretor.

Caso não haja discrepância entre o terceiro corretor e os outros dois corretores, a nota final do participante será a média aritmética entre as duas notas totais que mais se aproximarem. Caso haja discrepância com relação a ambas as notas anteriores, a redação será corrigida por uma banca composta por três corretores, que atribuirá a nota final do participante, sendo descartadas as notas anteriores.

As notas divulgadas nesta segunda-feira (29/3) referem-se a todas à edição impressa (17 e 24 de janeiro), digital (31 de janeiro e 7 de fevereiro) e para pessoas privadas de liberdade ou que passaram pela reaplicação (23 e 24 de fevereiro). Os resultados para treineiros, porém, só ficarão disponíveis em 28 de maio, assim como a vista pedagógica da redação. Para conferir o resultado, acesse a Página do Participante.
TAGS: redação | objetiva | prova | nota | enem |
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
A Justiça está realmente cuidando das crianças no centro de disputas familiares?
Cacique Raoni pede ao presidente dos EUA que ignore Jair Bolsonaro
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 16/04
Carta aberta pede quebra de patentes de vacinas de Covid-19
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco